TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2017
Homenagem a Carlos Paredes - Evocação e Festa de Amizade

ACR Carlos Paredes 2017.jpg

Clicar na imagem para ampliar

 

Publicado neste blog:

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 17:32
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2017
Documento do Governo Chileno dirigido a Vasco Gonçalves pelo apoio às vitimas do ditador Pinochet

Governo Chileno-Vasco Gonçalves

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:01
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 11 de Novembro de 2016
Lançamento do livro «A Conquista dos Direitos Democráticos»

CONVITE_LIVROACR_lisboa-1

CONVITE_LIVROACR_lisboa-2

Clicar nas imagens para ampliar 

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 08:31
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016
Manipulação e censura na comunicação social

ACR_DEBATE Comunic

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 10:29
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 14 de Setembro de 2016
Porque se morre em Alcochete numa guerra que não há?

formacao_comandos

Investigue-se até às ultimas consequências, doa a quem doer.

 

Falam assim os que falam em nome deste povo. Os mesmos que sem pestanejar nos mandam para as guerras que há, ao arrepio da Constituição da República Portuguesa(CRP) que juraram cumprir e fazer cumprir. Os mesmos que calam o envolvimento do nosso país em estratégias agressivas e de destruição de nações inteiras com o único objectivo de partilhar umas migalhas do festim para os senhores do Mundo que se apropriam das riquezas naturais desses países.

No entanto esses mesmos são os que assistem, em silêncio, à destruição do sistema de saúde militar, não se importando de envolver o nosso país em acções contrárias aos princípios estabelecidos no nº1 do Artigo 7º da CRP “da solução pacífica dos conflitos internacionais, da não ingerência nos assuntos internos dos outros Estados...” deixando sem suporte aqueles que, em cumprimento desses desígnios, põem em risco a própria vida.

FFAA Portugal1

Investigue-se, mas investiguem-se a sério os porquês de tudo isto, até às últimas consequências e doa a quem doer.

 

Não é a CRP a Lei Fundamental da República Portuguesa?

No nº2 do Artigo 7º não está escritoPortugal preconiza a abolição do imperialismo, do colonialismo e de quaisquer outras formas de agressão, domínio e exploração nas relações entre os povos, bem como o desarmamento geral, simultâneo e controlado, a dissolução dos blocos político-militares e o estabelecimento de um sistema de segurança colectiva, com vista à criação de uma ordem internacional capaz de assegurar a paz e a justiça nas relações entre os povos.”?

Quem decide aumentar o envolvimento de Portugal na NATO, com participação activa na sua estratégia de agressão, domínio e exploração de outros povos, ao serviço do imperialismo norte-americano e seus aliados europeus, não está em flagrante incumprimento da Lei Fundamental?

E, não deixemos também de investigar o envolvimento do nosso país na ameaça a países com os quais mantemos relações diplomáticas e de crescente interesse mútuo, em particular no cerco à Federação Russa através do chamado “escudo anti-míssil” e da força de intervenção rápida (equipada e treinada para intervir em cenários de guerra de elevada intensidade), recentemente criados.

E, aqui não podemos deixar de, mais uma vez, alertar para o perigoso caminho que nos estão a impor. A Federação Russa é uma grande potência nuclear tal como os EUA. Entrar neste jogo como alvo é ainda mais perigoso.

Uma última palavra para a família dos soldados vítimas do rigor da instrução militar a que foram sujeitos: O nosso respeito sem limites por todos os que põem as suas vidas ao serviço da Pátria que tanto amamos.

(sublinhados meus)

Associação Conquistas da Revolução 2016-09-12

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 10:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sexta-feira, 10 de Junho de 2016
Comandante Ramiro Correia

ACR Ramiro Correia

Clicar nas imagens para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:17
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 8 de Dezembro de 2015
Recordando a Reforma Agrária

ACR-Reforma Agrária

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:01
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 10 de Novembro de 2015
Jorge Sarabando: «O 25 de Novembro a Norte - o processo revolucionário no ano de 1975»

ACR 25novembro

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:08
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 4 de Novembro de 2015
Sessão comemorativa dos 40 anos da descolonização - ALMADA

40 anos descolonização

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:03
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 16 de Outubro de 2015
5ª Divisão MFA - Revolução e Cultura

Convite_5Divisao

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 06:33
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 19 de Junho de 2015
O 25 de Abril e a nacionalização da CUF

AF_ACR_iniciatNACIONALIZ_2015-06

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 06:32
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 8 de Junho de 2015
Romagem à campa do General Vasco Gonçalves no 10º aniversário do seu falecimento

Vasco Goncalves3

11 de Junho - 11.00 horas

Cemitério do Alto de São João

 

A Associação Conquistas da Revolução promove no dia 11 de Junho, pelas 11.00 horas, uma romagem à campa do General Vasco Gonçalves, no cemitério do Alto de São João, pela passagem do 10 º ano do seu falecimento. 

Assim o fizemos todos os anos desde que a nossa Associação foi criada e com mais razões o fazemos neste ano em que se comemora o 41º aniversário de Abril - desse Abril de cujos ideais libertadores e transformadores Vasco Gonçalves foi o mais puro e fiel interprete.

Contamos com a vossa presença e com a vossa acção mobilizadora junto de muitos outros amigos e companheiros, no sentido de fazermos da romagem do dia 11 um expressivo momento de comemoração de Abril e das Conquistas da Revolução e uma justa homenagem a um dos seus mais destacados construtores.

Saudações

A Direcção

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 19:22
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 13 de Abril de 2015
Almada: Apresentação dos livros «Vasco Nome de Abril» e «Conquistas da Revolução»

Convite Livros ACR 2015-04-13

 Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 16:52
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 12 de Abril de 2015
Jantar comemorativo do 41º Aniversário da Revolução de Abril

Cartaz_ACR_25ABR2015

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 11:47
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 12 de Março de 2015
Comemoração do 40º Aniversário da Nacionalização da Banca

40 aniversario nac Banca

Clicar na imagem para ampliar

 

A UBR – União de Reformados e Pensionistas da Banca, com o apoio da Associação Conquistas da Revolução, vai comemorar no dia 14 de Março próximo, o 40º. aniversário da nacionalização da Banca.

De facto, este acontecimento foi o coroar de uma luta que os bancários iniciaram meia dúzia de anos antes de Abril 74, quando decidiram - e conseguiram - pôr na direcção de sindicatos fascistas, trabalhadores honestos e democratas. Não obstante a dura repressão que, sob diversas formas, atingiu muitos de nós, esta decisão provou ter sida acertada pelos seguintes motivos:

1 - Obtivemos vitórias de monta no campo profissional:

2 - Permitiu que os bancários, sindicalmente organizados, aumentassem a sua intervenção na luta, que se vinha agudizando, pelo derrube do fascismo e o fim da guerra, abrindo assim caminhos por onde veio a passar o MFA;

3 - Levou os trabalhadores da Banca a participar na fundação da Intersindical. E, convém não esquecer, que foi por iniciativa e com organização da Inter que milhões de portugueses referendaram no 1º. de Maio, o conteúdo democrático e revolucionário do 25 de Abril;

4 - Proporcionou-nos um melhor conhecimento da banca e dos banqueiros, e também testar as suas capacidades, formas de reagir e com que instrumentos

Este último aspecto veio a revelar-se fundamental. Foi com base nele que, logo a partir de 26.04.74, tomámos iniciativas que, tendo surpreendido os banqueiros, os tolheram muito na sua previsível reacção ao derrube do seu governo. E, com a generosa e competente colaboração de quadros superiores bancários, os quais, corajosamente, arriscaram as suas carreiras, fomos mantendo o poder democrático nascente, não só informado a par e passo das sucessivas investidas da Finança contra Abril, mas também habilitando com as medidas para lhes fazer frente. Porque, de facto, foram os banqueiros, com as suas acções, que permitiram demonstrar, até a empedernidos adversários da medida, que só a nacionalização da banca, por nós proposta, permitiria defender Abril.

E foi assim que em 11 de Março de 1975 os bancários, aos milhares, resgataram a Banca do domínio dos monopólios que suportaram o fascismo e, com a colaboração do MFA e com o D/L132-A/75 do Conselho da revolução, no dia 14 depositaram-na nas mãos do povo português. INTACTA E APTA A CUMPRIR A NOVA MISSÃO.

 

Nós, bancários, e os que de mais de perto nos acompanharam, merecemos comemorar com dignidade e orgulho este nosso percurso e temos o direito a continuar a luta por uma banca decente ao serviço de um Portugal de Abril.

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 09:02
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2015
Liberdade de expressão - a manipulação da Comunicação Social

ACR 2015-02-24

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 13:29
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 4 de Outubro de 2014
Congresso Conquistas da Revolução

ACR_congresso_cartaz

Clicar na imagem para visualizar a ligação

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 05:47
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13

19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Homenagem a Carlos Parede...

Documento do Governo Chil...

Lançamento do livro «A Co...

Manipulação e censura na ...

Porque se morre em Alcoch...

Comandante Ramiro Correia

Recordando a Reforma Agrá...

Jorge Sarabando: «O 25 de...

Sessão comemorativa dos 4...

5ª Divisão MFA - Revoluçã...

O 25 de Abril e a naciona...

Romagem à campa do Genera...

Almada: Apresentação dos ...

Jantar comemorativo do 41...

Comemoração do 40º Aniver...

arquivos
tags

álvaro cunhal

assembleia da república

autarquia

avante!

bce

benfica

blog

blogs

capitalismo

caricatura

cartoon

castendo

cds

cdu

cgtp

cgtp-in

classes

comunicação social

comunismo

comunista

crise

crise do sistema capitalista

cultura

cultural

democracia

desemprego

desenvolvimento

desporto

dialéctica

economia

economista

eleições

emprego

empresas

engels

eua

eugénio rosa

exploração

fascismo

fmi

futebol

governo

governo psd/cds

grupos económicos e financeiros

guerra

história

humor

imagens

imperialismo

impostos

jerónimo de sousa

jornal

josé sócrates

lénine

liberdade

liga

lucros

luta

manifestação

marx

marxismo-leninismo

música

notícias

parlamento europeu

partido comunista português

paz

pcp

penalva do castelo

pensões

poema

poesia

poeta

política

portugal

precariedade

ps

psd

recessão

revolução

revolucionária

revolucionário

rir

salários

saúde

segurança social

sexo

sistema

sistema capitalista

slb

socialismo

socialista

sociedade

sons

trabalhadores

trabalho

troika

união europeia

vídeos

viseu

vitória

todas as tags

LIGAÇÕES A CASTENDO
Visitantes
eXTReMe Tracker
Google Analytics
blogs SAPO
subscrever feeds