TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

Quarta-feira, 8 de Março de 2017
Borussia Dortmund 4-0 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 21:45
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2017
Vitória de Setúbal 1-0 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:50
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2017
Moreirense 3-1 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:45
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 6 de Dezembro de 2016
Benfica 1-2 Nápoles

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 21:47
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 2 de Dezembro de 2016
Marítimo 2-1 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:22
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 30 de Outubro de 2016
Marinheiros insubmissos

Revolta marinheiros 1936-09-08

A história do movimento comunista está repleta de derrotas cujo exemplo e ensinamentos se constituíram como sementes de novos combates, vitoriosos.

Nos seus 95 anos de história, cerca de metade dos quais na situação de clandestinidade imposta pelo fascismo, o PCP conta com vários destes casos.

 

A revolta dos marinheiros de 8 de Setembro de 1936 é um deles: não venceu – e na verdade não podia ter vencido – mas o exemplo de heroísmo e generosidade dos jovens marinheiros cavou fundo na consciência de várias gerações de militantes comunistas e resistentes antifascistas. Ao mesmo tempo, a avaliação dos erros cometidos (que a direcção do PCP previra ainda antes da revolta, cuja eclosão procurou desencorajar por não estar enquadrada num amplo movimento de massas) permitiu ao Partido acumular experiência, factor indispensável ao seu desenvolvimento enquanto força política revolucionária.

Para compreender a origem da revolta e os motivos dos seus protagonistas é preciso compreender o panorama nacional e internacional que então se vivia e ter presente o prestígio de que o Partido gozava entre os marinheiros e os esforços da ditadura para lhe pôr fim: na sequência da reorganização do Partido iniciada em 1929 sob direcção de Bento Gonçalves foi criada três anos depois a Organização Revolucionária da Armada (ORA), que congregava as diferentes células do PCP na Marinha de Guerra e editava O Marinheiro Vermelho, órgão partidário clandestino de grande tiragem cuja influência se estendia a muitas embarcações militares – e muito para além delas. Rapidamente a ORA se tornaria na maior organização do Partido, chegando a ter perto de 20 por cento do total de militantes comunistas.

Ler texto integral

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 09:48
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016
Nápoles 4-2 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:28
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 20 de Setembro de 2016
A via da guerra é um perigo enorme - Milosevic e a actualidade

Slobodan Milosevic_prisão 2001-04-01

Slobodan Milosevic morreu há dez anos nos calabouços do «tribunal» especial criado pelos carrascos da Jugoslávia, o ICTY.

Seguindo o guião usual, o presidente (repetidamente eleito) Milosevic fora pessoalmente demonizado e caluniado como prelúdio à destruição do seu país.

Pela calada, o ICTY acaba agora de reconhecer a falsidade das calúnias (ilibando os mortos para condenar os vivos).

Importa romper as barreiras de silêncio cúmplice da comunicação social de regime sobre este reconhecimento envergonhado – que contrasta de forma flagrante com o unanimismo estridente das acusações de há duas décadas.

E importa extrair as lições que tudo isto encerra. Lições que são de tremenda actualidade.

Novas campanhas belicistas, de consequências potencialmente muito mais dramáticas, estão hoje em curso.

 

Ataque_aereo_eua_siria_2014-09

«O alegado «genocídio» e «limpeza étnica» de que a Jugoslávia e Milosevic foram acusados são como as «armas de destruição em massa de Saddam Hussein»: uma fabricação monstruosa.

(...)

Há mais duma década que se reconhecia não haver bases plausíveis para condenar Milosevic.

(...)

A 8 de Março de 2006 Milosevic escreveu uma carta oficial ao Ministério russo dos Negócios Estrangeiros, afirmando desconfiar que, em vez de estar a ser tratado dos seus problemas cardíacos, estaria a ser envenenado. Três dias depois, Milosevic morre na sua cela da prisão NATO-ICTY. As legítimas suspeitas de assassinato reforçam-se se pensarmos no destino de outros alvos das potências imperialistas, como Saddam Hussein ou Muamar Qadafi.
A propaganda de guerra tinha de ser implacável e aterrorizadora porque a dimensão do crime que estava a ser praticado era enorme. A guerra de agressão à Jugoslávia foi a primeira guerra na Europa após 1945. Foi a primeira guerra aberta desencadeada pela NATO e uma violação aberta do Direito Internacional. Mas foi sobretudo a afirmação por parte das potências imperialistas de que a nova correlação de forças resultante da desintegração da URSS e das vitórias contra-revolucionárias no Leste da Europa lhes permitia libertarem-se das amarras que a derrota do nazi-fascismo havia imposto em 1945. A Carta da ONU era coisa do passado. A partir de agora vigorava a lei do mais forte. E o mais forte era o imperialismo norte-americano. Era essa a essência do novo conceito estratégico da NATO, aprovado em plena agressão à Jugoslávia (Cimeira de Washington, 23-24 Abril 1999), que descartou a máscara de organização defensiva, proclamando o «direito» de intervir em qualquer parte do planeta.

(...)

cartoon peter brookes

Teria sido difícil à NATO desencadear os bombardeamentos sobre Belgrado sem a legitimação escandalosa por parte de forças políticas que se auto-proclamam de «esquerda» ou «progressistas».

(...)

Mas os acordos que o imperialismo norte-americano assina não valem sequer o preço da resma de papel em que são impressos.

(...)

Importa lembrar estes factos. Não estamos só a falar do passado. Estamos a falar do presente. Estamos a falar das campanhas de demonização de Assad, Putin ou Kim Jong-Un. A crise do sistema capitalista está prestes a conhecer uma nova explosão. Não há paliativos que consigam esconder que o sistema financeiro está totalmente quebrado. A tentação do sistema responder pela via da guerra é um perigo enorme. É esta a natureza do imperialismo. Trocar oportunisticamente a identificação da verdadeira essência do imperialismo por fáceis mentiras ou ilusões mediáticas significa desarmar os povos e fazer o jogo dos verdadeiros senhores da guerra e do genocídio.»

 



publicado por António Vilarigues às 06:36
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 5 de Abril de 2016
Bayern Munique 1-0 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:15
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2016
Benfica 1-2 F. C. Porto

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_


publicado por António Vilarigues às 23:13
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 15 de Dezembro de 2015
Uma nova fase na vida política nacional

Jerónimo de Sousa 2015-12-13

«O Comité Central do PCP, reunido a 13 de Dezembro 2015, analisou os desenvolvimentos do quadro político resultante da derrota do Governo PSD/CDS-PP e da entrada em funções do Governo PS, avaliou a situação económica e social com que os trabalhadores e o povo estão confrontados; identificou o desenvolvimento da luta de massas como elemento central para repor direitos e rendimentos e garantir a elevação das condições de vida; aprofundou as medidas em curso para o reforço da organização do Partido, da sua ligação às massas, da sua iniciativa política e de outras tarefas imediatas, nomeadamente no âmbito da candidatura de Edgar Silva à Presidência da República e decidiu marcar o XX Congresso do PCP para 2, 3 e 4 de Dezembro de 2016.»

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 18:14
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2015
Legislativas na Venezuela: A luta continua

Mapa venezuela politico.jpg

«O campo bolivariano saiu vitorioso em 18 dos 20 actos eleitorais. Porém, seria pouco acertado retirar importância ao desaire eleitoral agora sofrido pela revolução venezuelana, primeira derrota em eleições legislativas. Um revés cuja avaliação aturada caberá fazer às forças revolucionárias bolivarianas. Salta à vista que a votação da MUD supera largamente a base social da oligarquia e burguesia venezuelanas. Por outro lado, parte do campo popular que apoia o processo bolivariano absteve-se de votar. As massas têm revelado uma disponibilidade quase incansável de mobilização ao logo destes 16 anos. Contudo, nas urnas acabaram por se expressar os efeitos do desgaste social resultantes da continuada política de chantagem, desestabilização e agressão económica – agravado pela baixa do preço do crude – de que é alvo o poder de Caracas por parte do imperialismo. O que não obsta à necessidade de encarar os sérios problemas, limitações e deficiências no plano interno.»

bandeira venezuela.jpg

«Sendo certo que o regime democrático venezuelano é presidencial e que o mandato de Nicolás Maduro só termina em 2019, estando atribuído ao executivo poderes de condução política e governação da nação, a distribuição e correlação de forças na Assembleia Nacional não é de todo inócua.»

Escudo Venezuela.png

«O PCP salienta que estas eleições se realizaram no contexto de uma conjuntura económica particularmente desfavorável em resultado da baixa do preço do petróleo e no quadro de grandes operações de desestabilização e boicote económico dos sectores mais reaccionários venezuelanos articuladas com a ingerência do imperialismo contra a Revolução Bolivariana.»

mapa_america-sul.jpg

«O desfecho venezuelano confere atualidade à pergunta: é possível pela via institucional transformar radicalmente uma sociedade capitalista, utilizando as instituições criadas pela burguesia para atingir os seus objetivos?»

Mapa Venezuela_agresion

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 11:12
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 21 de Novembro de 2015
Sporting 2-1 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 23:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Domingo, 25 de Outubro de 2015
Benfica 0-3 Sporting

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 19:17
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 21 de Outubro de 2015
Galatasaray 2-1 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 21:33
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 20 de Setembro de 2015
F. C. Porto 1-0 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB


_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 21:32
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 23 de Agosto de 2015
Arouca 1-0 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB


_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:03
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 9 de Agosto de 2015
Benfica 0-1 Sporting

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB


_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Domingo, 26 de Abril de 2015
70.º Aniversário da Vitória sobre o nazi-fascismo

Soldado Bandeira URSS Reichstag Berlin 1945

Em 2 de Maio de 1945, culminando o imparável avanço do Exército Vermelho, a bandeira da União Soviética foi hasteada no Reichstag em Berlim e poucos dias depois a Alemanha nazi assinava a sua capitulação incondicional. O dia 9 de Maio de 1945, cujo 70.º aniversário este ano comemoramos, passou a ser conhecido como o «Dia da Vitória», porque ele simboliza a vitória sobre o nazi-fascismo e o seu sinistro projecto de exploração e opressão dos povos com a instauração da «nova ordem» hitleriana e o fim da maior carnificina da História da Humanidade que foi a 2.ª Guerra Mundial.

Uma guerra em que pereceram mais de 60 milhões de pessoas, na sua grande maioria civis, em que as hordas fascistas semearam o terror e praticaram os piores crimes nos territórios invadidos, em que o bombardeamento indiscriminado de centros urbanos conduziu ao massacre de populações inteiras. Nos campos de concentração nazis, de trabalho escravo para os monopólios alemães e de extermínio em massa, morreram milhões de homens, mulheres e crianças, quatro milhões dos quais em Auschwitz.

Uma guerra em que os povos dos países invadidos pelos nazis, enfrentando a mais cruel repressão e as retaliações mais brutais, resistiram corajosamente às forças de ocupação, provocando-lhes pesadas baixas e em que, na frente de batalha como na organização e na acção da Resistência, os comunistas, com outros anti-fascistas, escreveram páginas de grande heroísmo.

Ler texto integral

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 11:56
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 21 de Março de 2015
Rio Ave 2-1 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB


_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 21:55
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015
Paços de Ferreira 1-0 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB


_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:37
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014
Benfica 1-2 Braga

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB


_


publicado por António Vilarigues às 22:28
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 26 de Outubro de 2014
Braga 2-1 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:54
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014
Bayer Leverkusen 3–1 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:26
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014
Benfica 0-2 Zenit

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 21:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Domingo, 20 de Julho de 2014
Benfica 0-1 Sporting

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB


_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 22:46
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 14 de Maio de 2014
Benfica (2) 0-0 (4) Sevilha

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB


_

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 23:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sábado, 10 de Maio de 2014
F. C. Porto 2-1 Benfica
SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 20:08
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 26 de Março de 2014
F. C. Porto 1-0 Benfica
SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 23:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Terça-feira, 5 de Novembro de 2013
Olympiakos 1-0 Benfica

SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 21:35
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
15
17

18
19
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Borussia Dortmund 4-0 Ben...

Vitória de Setúbal 1-0 Be...

Moreirense 3-1 Benfica

Benfica 1-2 Nápoles

Marítimo 2-1 Benfica

Marinheiros insubmissos

Nápoles 4-2 Benfica

A via da guerra é um peri...

Bayern Munique 1-0 Benfic...

Benfica 1-2 F. C. Porto

Uma nova fase na vida pol...

Legislativas na Venezuela...

Sporting 2-1 Benfica

Benfica 0-3 Sporting

Galatasaray 2-1 Benfica

arquivos
tags

álvaro cunhal

assembleia da república

autarquia

avante!

bce

benfica

blog

blogs

capitalismo

caricatura

cartoon

castendo

cds

cdu

cgtp

cgtp-in

classes

comunicação social

comunismo

comunista

crise

crise do sistema capitalista

cultura

cultural

democracia

desemprego

desenvolvimento

desporto

dialéctica

economia

economista

eleições

emprego

empresas

engels

eua

eugénio rosa

exploração

fascismo

fmi

futebol

governo

governo psd/cds

grupos económicos e financeiros

guerra

história

humor

imagens

imperialismo

impostos

jerónimo de sousa

jornal

josé sócrates

lénine

liberdade

liga

lucros

luta

manifestação

marx

marxismo-leninismo

música

notícias

parlamento europeu

partido comunista português

paz

pcp

penalva do castelo

pensões

poema

poesia

poeta

política

portugal

precariedade

ps

psd

recessão

revolução

revolucionária

revolucionário

rir

salários

saúde

segurança social

sexo

sistema

sistema capitalista

slb

socialismo

socialista

sociedade

sons

trabalhadores

trabalho

troika

união europeia

vídeos

viseu

vitória

todas as tags

LIGAÇÕES A CASTENDO
Visitantes
eXTReMe Tracker
Google Analytics
blogs SAPO
subscrever feeds