TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

Sábado, 19 de Novembro de 2016
1991 – Lei do Muro nos EUA

Muro us-mexico_border_deaths_monument

O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, prometeu construir um muro ao longo de toda a fronteira com o México.

A ideia, acompanhada de afirmações racistas e xenófobas, mereceu o maior destaque na comunicação social, mas não é nova nem original.

Em 1991, George W. Bush (pai) assinou a «Lei do muro» autorizando a construção de uma cerca dupla em certas zonas da fronteira entre os dois países, para «proteger o povo americano» e tornar as «fronteiras mais seguras».

O muro começou de facto a ser construído em 1994, durante a presidência de Bill Clinton, com o programa anti-imigração-ilegal conhecido como Operação Guardião (Operation Gatekeeper).

Com vários quilómetros de extensão na fronteira de Tijuana – San Diego, o muro inclui «três barreiras de contenção, iluminação de muito alta intensidade, detectores antipessoais de movimento, sensores electrónicos e equipas de visão nocturna entrelaçados com radiocomunicações com a polícia de fronteira dos Estados Unidos, bem como vigilância permanente com veículos e helicópteros artilhados».

Outras secções do muro foram erguidas posteriormente nos estados de Arizona, Novo México e Texas.

Estima-se que nos últimos 20 anos morreram na fronteira dos dois países cerca de dez mil migrantes.

AQUI

 

Publicado neste blog:

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:01
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 18 de Novembro de 2010
A patente do açafrão: A apropriação monopolista da ciência, do conhecimento e da cultura

Se há quem possa ter ficado intrigado com o título desta comunicação, é porque lhe passaram despercebidos os Relatórios do Desenvolvimento Humano de 2001 e 20041. Nessas insuspeitas publicações consta a informação de que o açafrão da Índia e o feijão enola do México foram objecto de registo de patente nos EUA (embora no segundo caso a patente viesse a ser anulada), respectivamente em 2002 e 1999.

E porquê destacar esta questão relativamente marginal? O açafrão e o feijão enola já eram mercadoria muitos séculos antes de existir capitalismo. O que este registo e esta tentativa de registo de patente enunciam é um outro facto: o que o capitalismo transforma deste modo em mercadoria é, não o açafrão ou o feijão enola, mas o conhecimento secular, colectivamente gerado e preservado tradicionalmente por comunidades humanas, que conduziu à selecção e produção dessas espécies.

Ler Texto Integral

-


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:08
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 9 de Setembro de 2010
A tragédia do México (II)

Pedro Méndez Suárez,Rebelión de 2 de Setembro

Para Ler:


Publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:03
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 8 de Setembro de 2010
A tragédia do México (I)

Banho de sangue no México, Martirena, Rebelión de 4 de Setembro

Para Ler:

Publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:00
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 4 de Setembro de 2010
O México, os EUA e o narcotráfico

Mexico, karrycartoons

-

Para Ler, Ver e Ouvir:

90% das armas dos carteis da droga do México vêm dos EUA. Reportagem da CBS "60 minutes" a partir dos 5 minutos:

«Drug-cartel fueled violence has turned into a war in Mexico, with thousands of deaths and the government battling well-armed gangs whose military-quality weapons come mostly from U.S. dealers. CNN's Anderson Cooper reports

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quarta-feira, 11 de Agosto de 2010
Liberdade comercial

(...) É sempre assim: «Nenhum grande banco dos EUA – incluindo a Wells Fargo – foi alguma vez formalmente acusado de violar a Lei dos Segredos Bancários ou qualquer outra lei federal. Em vez disso, o Departamento da Justiça resolve as acusações criminais utilizando acordos de adiamento do processo, em que o banco paga uma multa e promete não voltar a violar a lei». Para os banqueiros não há pistolas taser...

-


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:07
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 10 de Agosto de 2010
Arizona: A polícia e os imigrantes...

Pedro Méndez Suárez, Rebelión de 4 de Agosto

-

- Por culpa do truncamento que fizeram à lei hoje tive que cacetear ilegalmente alguns imigrantes!

-

Para Ler:

«A nova lei de imigração do Arizona entrou hoje em vigor, mas a Justiça dos Estados Unidos da América bloqueou as partes mais polémicas do articulado. Entre as disposições suspensas está a possibilidade de a polícia pedir documentos de imigração a pessoas abordadas por outras infrações e que o agente considere terem aspeto suspeito. Espera-se que o Governo do Arizona recorra da suspensão

-

«A polémica Lei de Imigração do Arizona (SB1070), que criminaliza os imigrantes em situação irregular, pode vir a ser seguida em pelo menos mais 14 estados dos EUA, advertiu há dias o gabinete de Relações Externas do México em nota divulgada pelo diário El Universal. Texas, Carolina do Norte, Georgia, Utah, Mississippi e Ohio são alguns dos estados que estarão a estudar a possibilidade de adoptar a SB1070. Entretanto, um grupo de senadores mexicanos e representantes democratas norte-americanos decidiu «denunciar» a referida legislação junto da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) por atentar contra as garantias individuais dos migrantes

Publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:01
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 4 de Maio de 2010
Arizona: Nos Estados Unidos a Liberdade é uma estátua

Allan Mcdonald, Rebelión de 29 de Abril

-

EUA: A governadora do Estado do Arizona, Jan Brewer, aprovou a criminalização dos imigrantes indocumentados naquela região fronteiriça com o México. Estima-se que em todo o território residam cerca de 460 mil pessoas nessas condições, a esmagadora maioria provenientes do país vizinho.

A norma que converte em delito a imigração ilegal permite que as autoridades detenham qualquer pessoa por simples «suspeita razoável» de que se encontre nessa condição.

A aprovação da legislação considerada persecutória está a levantar um coro de protestos. No dia em que subscreveu o diploma, Brewer enfrentou uma manifestação frente à sede do governo local.


Arizona has virtually criminalized “being” while brown. Its new racist laws require police to profile and stop anyone who “looks like” an undocumented immigrant. Even police chiefs across the country, who know they cannot police communities that won't talk to them, are denouncing this racist, unjust and downright foolish law.

_
adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:03
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010
Declaração de Cancún

Pedro Méndez Suárez, Rebelión de 24 de Fevereiro

 

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                   


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 06:05
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010
Cuba com o povo do Haiti - Solidariedade de classe

     Mais de 400 médicos e outros profissionais de saúde cubanos encontram-se no Haiti a prestar assistência ao martirizado povo daquele país. A estes juntam-se 240 haitianos já licenciados em Cuba ou finalistas do último ano do curso de medicina na ilha socialista, o qual frequentam sem qualquer custo.

Até ao dia 27 de Janeiro, os voluntários cubanos haviam assistido mais de 35 mil pessoas afectadas pelo violento sismo que atingiu o Haiti no dia 12 de Janeiro, das quais 2750 tiveram que ser submetidas a intervenções cirúrgicas. Cuba colocou em funcionamento 14 salas de operações com 16 equipas cirúrgicas, relata o relatório divulgado pelos serviços do Ministério das Relações Exteriores de Havana.

Os médicos cubanos encontram-se a trabalhar em 21 pontos de assistência organizados em três regiões: Em Port-au-Prince (hospitais La Renaissence, de La Paz, Ofatma e Brigada Itenerante de Atenção Primária); nos subúrbios da capital haitiana (hospitais de campanha Leoganne, Arcahaie, Isla Lagonave, Carrefourt, e centros de diagnóstico integral de Grand Goave, Petit Goave e Thomasó), e em províncias periféricas do território (hospital de campanha de Jacmel e centros de diagnóstico integral de Mirebalais, Anse-a-Veau, Raboteau, Aquin, Les Cayes, Cabo Haitiano, Port de Paix, Grand’Anse e Nippes).

Junto com os voluntários cubanos, encontram-se mais de uma centena de especialistas da Venezuela, Chile, Espanha, México, Colômbia e Canadá.

In jornal «Avante!» - Edição de 4 de Fevereiro de 2009

Sobre esta realidade a comunicação social dominante diz nada...

                                           


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 08:07
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009
Barack Obama tirou a máscara

Chispa

1º Quadro:

O «prémio Nobel da paz» matou a pomba no seu ninho...

Obama: Si, si, si and si!

General: Sankiu, Mr. President pelo orçamento militar mais elevado da história! 

                  

2º Quadro:

... e longe de retirar as tropas do Iraque, envia mais soldados para o Afeganistão...

Obama: À luta, à luta, que ser muitas! O império contra-ataca!

                     

3º Quadro:

... não fechou a prisão de Guantánamo e livrou de culpas os torturadores...

Torturador: Agora é esperar que me voltem a chamar!

AGORA É...

                      

4º Quadro

... e ainda por cima... o cinismo!

Obama: Há guerras justas... como aquelas que fazer United States.

... BUU! 

 

Neste blogue:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                    


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:02
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009
O socialismo real e o capitalismo global

Mariano Utin em utinhumor

       

- Olha papá... Cumpriram-se vinte anos sobre a queda do muro de Berlim... Aqui terminou o pesadelo do socialismo real...

- E começou o pesadelo do capitalismo global...

                                        

«Estoy un poco experimentando con el trazo del dibujo intentando encontrar una línea que me sea cómoda y satisfactoria para trabajar y en eso me topé con un informe pedorro de la CNN sobre la caída del muro de Berlín y toda la fiesta y celebración que montaron y montan con éste nuevo aniversario los grandes medios masivos de comunicación y nos vuelven a enseñar lo mal que vivían en los países del éste con pleno empleo, salud, y educación para todos...claro, pobrecitos...les faltaba la Libertad, como diría Vargas Chota...libertad de empresa, libertad de explotación, libertad de expresión de los medios periodísticos monopólicos, libertad para comerte una hamburguesa en Mc Mierda y todas las delicias de nuestro bien amado sistema de libertades absolutas que se mide en monedas...pero en fin...que me salió esto casi que de las tripas...y vomité.»

                                                                   

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                   


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:12
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009
Os muros de Berlim e de Israel

Latuff2 Carlos Latuff

 

Ver o que foi publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                              


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:07
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009
O muro de Berlim vinte anos depois

Latuff2 Carlos Latuff

 

Ver o que foi publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                  


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:05
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009
O Nobel de Obama e o Afeganistão, por Borges

Juliana Dias Borges  in  Pele da Terra

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                   


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009
Quem disse «esta é uma guerra que temos de ganhar»?

Allan Mcdonald , Rebelión de 12 de Outubro

 

A frase do título - «this is a war that we have to win» - foi dita pelo prémio Nobel da Paz de 2009, Barack Obama.

Para Ler, Ver e Ouvir:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                   


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:01
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 12 de Maio de 2009
A Gripe suína e o monstruoso poder da grande indústria pecuária

Texto Mike Davis

    A versão da OMS e dos centros de controlo de doenças, de acordo com a qual já se está preparado para uma pandemia, sem necessidade de outros investimentos massivos na vigilância, em infra-estruturas científicas e reguladoras, em saúde pública básica e acesso generalizado a fármacos vitais, está agora definitivamente posta à prova pela gripe suína, e talvez venhamos a concluir que pertence à mesma categoria de gestão «malsã» do risco dos títulos e obrigações de Madoff. Não é assim tão difícil o falhanço dos sistemas de alerta, se tivermos em conta que estes, simplesmente, não existem. Nem sequer na América do Norte e na União Europeia.

                                                         


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:01
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 3 de Fevereiro de 2009
Muros, valas, arame farpado e barreiras electrificadas: Janet Napolitano

Janet Napolitano, governadora do Arizona, nomeada Secretária para a Segurança Interna.

His [Obama's] secretary for homeland security is Janet Napolitano who, as governor of Arizona, made her name by stoking hostility against Latino immigrants. She has militarised her state's border with Mexico and supported the building of a hideous wall, similar to the one dividing occupied Palestine.

In John Pilger - Beware of Obama's Groundhog Day

Para Ler:

This isn't the change America wanted. The American Friends Service Committee is alarmed over the selection of Janet Napolitano to head Homeland Security.

Photo: Human rights activists protested Arizona Gov. Napolitano in Tucson in 2007 because of her anti-immigrant stance. Napolitano has pushed for militarizaton of the border.

In Human rights concerns over Napolitano pick for Homeland Security

Vídeos:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

Notícias AQUI


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:04
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008
Muros, valas, arame farpado e barreiras electrificadas: «Walls of Shame» - Al Jazeera

     Al Jazeera - Walls of Shame: US/Mexico

    Al Jazeera - Walls of Shame: Morocco/Spain

    Al Jazeera - Walls of Shame: West Bank

    Al Jazeera  - Walls of Shame: Belfast

«It matters little what they are called – whether walls, barriers or fences - the intention is the same: to redefine human relations into 'us' and 'them'. This series is about division, and about the barriers that men erect, in calculation or desperation, to separate themselves from others, or others from them. When diplomacy and conciliation fail, this is the alternative, and not since medieval times have walls been so in demand around the world. Tens of new walls, barriers and fences are currently being built, while old ones are being renovated. And there are many types: barriers between countries, walls around cities and fences that zig-zag through neighbourhoods.

This series will look at four examples of new and extended walls around the world. It will examine the lives of those who are living next to them and how their lives are impacted. It will also reveal the intention of the walls' designers and builders, and explore the novel and artistic ways walls are used to chronicle the past and imagine the future.

The Walls of Shame series takes its name from John F. Kennedy's reference to the Berlin Wall in his state of the union address in 1963. It will examine four new walls: The one on the American-Mexican border, the West Bank wall, the Spanish fence around Ceuta, and the walls inside the city of Belfast in Northern Ireland.»

                                                           

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                     


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Terça-feira, 12 de Agosto de 2008
Muros, valas, arame farpado e barreiras electrificadas: Fronteira México-EUA

 

 

 

 

 

 

                                          

Coreia, Israel, EUA os muro(s) da Vergonha!

                                                                                          


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Segunda-feira, 28 de Abril de 2008
A Crise energética e alimentar mundial

Texto de Rui Namorado Rosa

    A crise financeira que enche as bocas do mundo, não é mais que a expressão, a nível da super-estrutura financeira, da muito séria crise da economia real, esta evidenciada na crise energética e na crise alimentar. O capital financeiro já não pode garantir o seu crescimento futuro, por já não poder garantir contrapartida em crescimento material.

                             

Os noticiários vão dando eco do agravamento de preço dos produtos alimentares, um pouco por todo um mundo, com uma frequência cada vez maior. Os comentários são variados e as explicações imprecisas. A escassez de milho no México, do trigo no Egipto, de arroz nas Filipinas, na Indonésia e no Haiti, é acompanhada de agitação social e crises políticas. Noutros países como o Paquistão, para minorar o encarecimento dos bens de subsistência, o governo recorre ao seu racionamento.
                    
Ler Texto Integral

                                                  

Adenda às 17h01m: Como se pode ver por AQUI e AQUI os nossos governantes silenciam os reflexos desta  crise energética e alimentar mundial na situação económica de Portugal.

                                               


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:12
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008
El Pueblo Unido Jamas Sera Vencido (5 versões)
    Depois DESTA versão mais cinco formas diferentes de cantar a mesma música:
                      
                                     

sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
15
16

17
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

1991 – Lei do Muro nos EU...

A patente do açafrão: A a...

A tragédia do México (II)

A tragédia do México (I)

O México, os EUA e o narc...

Liberdade comercial

Arizona: A polícia e os i...

Arizona: Nos Estados Unid...

Declaração de Cancún

Cuba com o povo do Haiti ...

Barack Obama tirou a másc...

O socialismo real e o cap...

Os muros de Berlim e de I...

O muro de Berlim vinte an...

O Nobel de Obama e o Afeg...

arquivos
tags

álvaro cunhal

assembleia da república

autarquia

avante!

bce

benfica

blog

blogs

câmara municipal

capitalismo

caricatura

cartoon

castendo

cds

cdu

cgtp

cgtp-in

classes

comunicação social

comunismo

comunista

crise

crise do sistema capitalista

cultura

cultural

democracia

desemprego

desenvolvimento

desporto

dialéctica

economia

economista

eleições

emprego

empresas

engels

eua

eugénio rosa

exploração

fascismo

fmi

futebol

governo

governo psd/cds

grupos económicos e financeiros

guerra

história

humor

imagens

imperialismo

impostos

jerónimo de sousa

jornal

josé sócrates

lénine

liberdade

liga

lucros

luta

manifestação

marx

marxismo-leninismo

música

notícias

parlamento europeu

partido comunista português

paz

pcp

penalva do castelo

pensões

poema

poesia

poeta

política

portugal

precariedade

ps

psd

recessão

revolução

revolucionária

revolucionário

rir

salários

saúde

segurança social

sexo

sistema

slb

socialismo

socialista

sociedade

sons

trabalhadores

trabalho

troika

união europeia

vídeos

viseu

vitória

todas as tags

LIGAÇÕES A CASTENDO
Visitantes
eXTReMe Tracker
Google Analytics
blogs SAPO
subscrever feeds