TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

Sábado, 24 de Dezembro de 2016
Um Novo Ano Melhor

postal boas festas pcp_2016

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:02
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 26 de Novembro de 2016
UPP: Jantar Natal 2016

UPP Natal 2016

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:01
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2015
Um Ano Novo melhor

BoasFestas2015

Clicar na imagem para ampliar

 

Ora passou-se porém

que dentro de um povo escravo

alguém que lhe queria bem

um dia plantou um cravo.

Para Ver e Ouvir:

Recordando o que foi publicado neste blog:

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:01
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 20 de Dezembro de 2015
A herança de pobreza no Natal de 2015 para milhões de portugueses deixada pelo governo PSD/CDS

«Este estudo tem como objetivo lembrar (é o mínimo que se pode fazer ), nesta época de Natal, até para que o manto do esquecimento e da indiferença não consiga ocultar, a situação de pobreza em que vivem milhões de portugueses fruto de uma politica de direita que tem privilegiado os mais ricos e sacrificado os mais pobres, que se agravou enormemente durante o governo PSD/CDS, como mostram os dados INE publicados em 18/12/2015, referentes a 2014 (v. quadro 1).»

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 15:24
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2015
Lutaremos, lutaremos sempre por um Ano Novo melhor

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:08
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 30 de Dezembro de 2014
A mensagem de Natal de Passos Coelho e a dimensão do falso emprego em Portugal

«Na mensagem do Natal de 2014 aos portugueses, Passos Coelho afirmou: "Entramos numa nova fase. Uma fase de crescimento, de aumento do emprego e de recuperação dos rendimentos das famílias". Será que estas palavras têm alguma correspondência com a realidade? Para responder a esta pergunta vamos utilizar dados do próprio governo.

O CRESCIMENTO RÁPIDO DO FALSO EMPREGO EM PORTUGAL

Em estudo anterior mostramos como o governo, recorrendo à formação profissional, aos contratos emprego inserção, aos estagiários, e aos "inativos disponíveis" estava, administrativamente, a reduzir os números do desemprego oficial. Agora vamos mostrar como o governo utilizando também o mesmo processo – medidas administrativas – está empolar os dados do emprego com falso emprego. O quadro 1, com dados oficiais divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), uma entidade tutelada pelo Ministério do Trabalho, Segurança Social e Solidariedade, mostra como o falso emprego tem aumentado em Portugal.»

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 17:22
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 28 de Dezembro de 2014
Portugueses passam festas em casa

champagne.jpg

  • A esmagadora maioria dos portugueses (93,4%) vão ficar em casa nos períodos de Natal e Ano Novo.
  • Segundo um inquérito divulgado, dia 10, pelo Instituto de Turismo (IPDT) apenas 6,6 por cento dos inquiridos partem de férias, sendo que a maior parte (84,8%) fica no País.
  • Muitos dos que ficam em casa (45%) evocam motivos financeiros, resultantes do desemprego ou dos cortes nos salários e pensões.
  • Em relação à época natalícia do ano passado, a percentagem dos portugueses que ficam em casa aumenta 5,9 por cento.
  • O estudo incluiu as intenções sobre as férias em 2015, concluindo que apenas 25,6 por cento dos inquiridos tencionam passar férias fora de casa no próximo ano, ou seja, quase menos de metade dos que o fizeram em 2014 (54,4%).

 

Pudera...

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:49
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014
Intervenções do Eleito da CDU na Assembleia de Freguesia de Viseu
joão serra

ORÇAMENTO DA JUNTA DE FREGUESIA DE VISEU PASSOU COM VOTO DE QUALIDADE DO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA

Votaram contra 9 eleitos do PS, CDS-PP e CDU, votaram a favor 9 eleitos do PSD. Absteve-se o eleito do Bloco de Esquerda. Perante o empate, o Presidente da Assembleia viu-se na necessidade de usar o seu direito ao voto de qualidade, para salvar o Orçamento e o Plano Plurianual para 2015. Se toda a oposição tivesse votado contra, a Junta teria de refazer o Orçamento e o Plano e reapresentá-lo em nova Assembleia.

 

ILUMINAÇÃO DE NATAL MOTIVA MOÇÃO DE PROTESTO

A parcialidade das iluminações de Natal, que deixou de fora ruas emblemáticas do “comércio tradicional”, motivaram a apresentação de uma Moção de Protesto/Recomendação da CDU, que obteve 6 votos a favor (4 do PS, 1da CDU e 1 do BE), 7 contra (6 do PSD e 1 do PS) e 5 abstenções (3 do PSD e 2 do CDS-PP).

 

JUNTA INSISTE NA “CARIDADEZINHA” SEM CRITÉRIOS TRANSPARENTES E OBJECTIVOS

A Junta de Viseu orçamentou 35 mil euros para apoios sociais, persistindo numa política demagógica e mistificadora, olhando mais para o eleitoralismo do que para as necessidades objectivas das pessoas, usando dinheiros públicos sem transparência nem critérios objectivos.

 

SOBRE O “FALHANÇO” DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

A CDU fez questão de desmitificar este “simulacro” de participação popular, incentivando a Junta a ouvir a população nos bairros e lugares da Freguesia, colhendo os seus contributos para a construção da totalidade do Orçamento e do Plano de Actividades.

 

ACTAS NÃO REFLECTEM DISCUSSÃO NEM PROPOSTAS LEVADAS À ASSEMBLEIA DE FREGUESIA E NÃO ESTÃO CONSULTÁVEIS DO SÍTIO DA FREGUESIA

A CDU constata que as intervenções e a participação do seu eleito na Assembleia de Freguesia de Viseu não são reflectidas nas Actas de forma suficiente, quando comparadas com as de outros eleitos. Por outro lado, os documentos apresentados não figuram apensos à Acta como deveria acontecer. Qualquer cidadão que queira consultar as Actas ou documentos de gestão da Assembleia ou Freguesia de Viseu, não o consegue fazer, por não estarem insertas no Sítio da autarquia, como a Lei obriga.

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 14:24
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 13 de Dezembro de 2014
UPP: Jantar convívio Natal 2014

UPP Jantar Natal 2005

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:33
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 24 de Dezembro de 2013
Um novo ano melhor com a força da nossa luta!

-

Clicar na imagem para ampliar

-


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 14:35
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2012
Aqui também se descansa...

-

Como devem ter dado por isso, este blog esteve encerrado para descanso do pessoal desde as 00h01m do dia 21 até às 00h01m do dia 28.

-


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 15:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012
Universidade Popular do Porto: o convívio e a partilha de afectos

-


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 18:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quarta-feira, 29 de Agosto de 2012
Apelo à revolta armada?

-

Graças à minha infecção bacteriana não tinha lido este texto. Mas mais vale tarde que nunca...

«(...)

Outra leitura possível é que o TC [Tribunal Constitucional] tenha plena consciência de que a situação bateu no fundo, que a descredibilização das chamadas "instituições democráticas" é total, que a legitimidade do Governo é insustentável, que as eleições já não conseguem traduzir a vontade do povo nem os partidos querem interpretá-la e assumi-la.
Talvez o TC tenha querido mostrar ao povo como é infundada a sua fé no sistema, como é disparatada a sua esperança de que alguma instância estatal assuma a defesa da justiça e da comunidade. Talvez o TC tenha querido enviar um sinal ao povo, demonstrar-lhe que não existe nenhum obstáculo entre o presente e a barbárie, que a lei não é uma defesa contra a arbitrariedade. Talvez o TC tenha querido mostrar que as "instituições democráticas" não conseguem defender os direitos dos cidadãos e que a revolta armada  é a única solução. Talvez o acórdão pretenda apenas mostrar aos cidadãos que a via da legalidade democrática como forma de gerar alternativas políticas está esgotada. Se for assim, o acórdão [sobre o Código do Trabalho] tem lógica. Poderemos discordar dele, mas a coerência entre o objectivo e o instrumento será total.»

-


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 18:01
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Sexta-feira, 24 de Dezembro de 2010
A ceia da «EMPRESA»

Cea da EMPRESA, Desenho de Luis Davila (O Bichero)

-

Publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:06
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010
Em Espanha como em Portugal: As prendas de Natal dos milionários

Por pedir…, Desenho de Manel Fontdevila

-

- ... e como este ano me portei muuuuito bem, e soube aproveitar muuuuuito bem a crise, peço para mim: UM AEOROPORTO, UMA TELEVISÂO PÚBLICA, UM SERVIÇO DE CORREIOS,...

-

Nota: vestido de rei está José Blanco López (Pepe Blanco) (Desde el 6 de julio de 2008 es el vicesecretario general del Partido Socialista Obrero Español (PSOE) y desde el 17 de abril de 2009 ministro de Fomento)

-

Publicado neste blog:
adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:09
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010
Mais vale negar Deus do que ser pedófilo ou encobrir a pedofilia

     A frase do título constitui um pensamento melancólico de dia de Natal ao ouvir as notícias. Bem se sabe que Deus está lá nas alturas e que a pedofilia é muito rasteirinha mas que diabo!...

 

Lisboa:

 

Dublin:

 

Leia neste blogue:

 

E ainda:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                     


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:07
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008
Penalva do Castelo: Sarau de Natal 2008

                                                                                                                    


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 08:07
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007
Encerrado para Férias

              

                

Este blog encerra para descanso do pessoal desde as 00h01m do dia 24 até às 00h01m do dia 26.

                  


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007
Sarau de Natal em Penalva do Castelo

    Também no dia 22 de Dezenbro, mas pelas 21:00, no Salão dos Bombeiros Voluntários de Penalva do Castelo decorre o Sarau de Natal.

Trata-se de uma organização da Junta de Freguesia da Ínsua, com o apoio do Município de Penalva do Castelo e dos Bombeiros Voluntários.

Sarau de Natal é cada vez mais uma iniciativa a ter em conta pelo espectáculo de qualidade que proporciona aos espectadores. Comédia, música, dança e muita animação.

 

In Câmara Municipal de Penalva do Castelo

   


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 15:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
18

20
21
22
24
25

26
27
28


posts recentes

Um Novo Ano Melhor

UPP: Jantar Natal 2016

Um Ano Novo melhor

A herança de pobreza no N...

Lutaremos, lutaremos semp...

A mensagem de Natal de Pa...

Portugueses passam festas...

Intervenções do Eleito da...

UPP: Jantar convívio Nata...

Um novo ano melhor com a ...

Aqui também se descansa.....

Universidade Popular do P...

Apelo à revolta armada?

A ceia da «EMPRESA»

Em Espanha como em Portug...

arquivos
tags

álvaro cunhal

assembleia da república

autarquia

avante!

bce

benfica

blog

blogs

capitalismo

caricatura

cartoon

castendo

cds

cdu

cgtp

cgtp-in

classes

comunicação social

comunismo

comunista

crise

crise do sistema capitalista

cultura

cultural

democracia

desemprego

desenvolvimento

desporto

dialéctica

economia

economista

eleições

emprego

empresas

engels

eua

eugénio rosa

exploração

fascismo

fmi

futebol

governo

governo psd/cds

grupos económicos e financeiros

guerra

história

humor

imagens

imperialismo

impostos

jerónimo de sousa

jornal

josé sócrates

lénine

liberdade

liga

lucros

luta

manifestação

marx

marxismo-leninismo

música

notícias

parlamento europeu

partido comunista português

paz

pcp

penalva do castelo

pensões

poema

poesia

poeta

política

portugal

precariedade

ps

psd

recessão

revolução

revolucionária

revolucionário

rir

salários

saúde

segurança social

sexo

sistema

sistema capitalista

slb

socialismo

socialista

sociedade

sons

trabalhadores

trabalho

troika

união europeia

vídeos

viseu

vitória

todas as tags

LIGAÇÕES A CASTENDO
Visitantes
eXTReMe Tracker
Google Analytics
blogs SAPO
subscrever feeds