TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

Quinta-feira, 22 de Junho de 2017
Passeio das mulheres CDU - 2 julho, domingo - Porto de Rei, Resende

cartaz_passeio_mulheres_2017_1.jpg

Clicar na imagem para ampliar

 



publicado por António Vilarigues às 08:29
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2017
UPP: Concerto - José Afonso uma vontade de música

UPP 2017 JAFONSO CONCERTO.jpg

Clicar na imagem para ampliar

 

Publicado neste blog:

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 19:28
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 4 de Fevereiro de 2017
UPP: Por Terras de Miranda “dar balor al que ye nuosso”

UPP Por terras de Miranda.jpg

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 19:05
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 31 de Janeiro de 2017
UPP: Curso sobre José (Zeca) Afonso

UPP Zeca Cartaz.jpg

Clicar na imagem para ampliar

 

Publicado neste blog:

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 18:13
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2017
UPP: História da Associação Académica de Moçambique (1964-1975)

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:09
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 22 de Janeiro de 2017
UPP: Debate cidadania, cultura e envelhecimento

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 06:42
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2017
UPP: Miró - Ver tudo como se fosse a primeira vez

UPP Miro

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 08:09
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 7 de Janeiro de 2017
UPP: Visita de Estudo a Folgosinho e Gouveia (Serra da Estrela)

UPP Folgosinho e Gouveia

Clicar na imagem para ampliar

 

GOUVEIA:

Percurso urbano pela história da cidade de Gouveia na descoberta do património urbano mais relevante da cidade.

Durante o percurso encontramos o Museu Municipal de Arte Moderna Abel Manta - significativamente instalado num edifício setecentista, o antigo Solar dos Condes de Vinhó e Almedina, patrocinadores dos estudos artísticos de Abel Manta - espaço que alberga o núcleo da obra de Abel Manta, à qual se juntam trabalhos de ilustres mestres como Vieira da Silva, Joaquim Rodrigo, Júlio Resende, Júlio Pomar, Menéz e Paula Rego; a Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira e o espólio do escritor; o Bairro do Castelo, o mais antigo núcleo urbano da cidade; A Rua Direita; a Casa da Torre (séc XV/XV); A Praça de S. Pedro, com as Igrejas de S. Pedro e da Misericórdia, os Paços do Concelho e o Espaço Arte e Memória e Pátio do Museu.

 

FOLGOSINHO:  

Antiga Vila e sede de Concelho, é caracterizada pelo casario simples e tradicional.

O seu isolamento - cerca de 900m de altitude- sempre lhe conferiu um lugar de destaque na defesa do território, tanto do vale médio do Mondego, como do vale inicial, já embrenhado na Serra da Estrela. Produto de lendas e "estórias", segundo o povo, por aqui andaram Viriato e Afonso Henriques, que a calcorrear a Serra, combateram romanos e "mouros" e traçaram o natural aspeto resistente e rude destas gentes, que fazem da montanha o seu lar.

O percurso inicia-se no Adro de Viriato, seguindo pela Rua do Quebra Costas até à "Casa de Viriato".

Depois na rua do Outeiro de Cima vamos encontrar marcas judaicas e cruciformes e seguindo pelo jardim do Viriato, Igreja de S. Pedro, Rua da Judiaria vamos até ao Castelo de Folgosinho, com a Capela de S. Faustino e Quintã do Pedrão.

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:26
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2017
UPP: Cursos novos em Janeiro

UPP Cursos Novos Jan 2017

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:23
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 11 de Dezembro de 2016
UPP: «Nadas de mim»

UPP Nadas de mim

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 18:11
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 2 de Dezembro de 2016
UPP: VISITA GUIADA à Exposição «AMADEU DE SOUSA CARDOSO 2016-1916»

UPP Amadeu Sousa Cardoso

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:28
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 26 de Novembro de 2016
UPP: Jantar Natal 2016

UPP Natal 2016

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:01
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 4 de Novembro de 2016
UPP: Nascimento e afirmação do movimento operário em Portugal

UPP Curso Ranita 2016

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:39
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 29 de Outubro de 2016
Trânsito cortado para reparar buraco de Porto Antigo

Hotel Porto Antigo Cinfães

A CDU felicita-se pelo facto de a obra se realizar finalmente.

Ao longo destes cinco anos(!!!) não nos cansámos de a reclamar, com cartas à Câmara Municipal de Cinfães, à Estradas de Portugal e Requerimentos e Perguntas do Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República, aos Ministros que desde então têm assumido a pasta das estradas (ver AQUI e AQUI).

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:02
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 15 de Outubro de 2016
«Não podiam trabalhar com fome»

«A greve andava-se a formar, tinha-se falado e a gente falava a este e àquele. (…) Nessa altura já era muito vigiado na mina. (…) Eu já sabia, cheguei à mina e andavam alguns cá fora e eu perguntei: O que é que se passa? E responderam – É greve, é fome. E eu disse: – Então se é fome, eu também tenho fome, até nem almocei, e sentei-me a conversar.»

 

A descoberta de carvão nos finais do século XVIII em S. Pedro da Cova provocou profundas alterações no quotidiano de uma população que vivia e dependia essencialmente da agricultura. Com o início da exploração mineira, S. Pedro da Cova transformou-se num centro industrial de grande importância à escala regional, para onde se deslocaram trabalhadores provenientes de todo o País. Neste importante complexo industrial mineiro chegou a extrair-se, durante a década de 30 do século XX, 70 por cento da produção nacional de carvão.

A exploração das minas de carvão manteve-se como a principal actividade da freguesia até o limiar da década de 70 do século passado e, apesar do seu encerramento há já mais de quatro décadas, ainda hoje a freguesia é marcada pela extracção do carvão e pela vida sofrida de mineiros e suas famílias.

Se a memória que hoje predomina na população desta terra nos remete para as duras condições de trabalho, os acidentes, as mortes, ou a manutenção até quase ao encerramento das minas de relações sociais que fazem lembrar a sociedade feudal, também a resistência e a luta dos mineiros por melhores condições de vida e de trabalho é a memória que este povo escolheu como sua.

A mobilização

(...)

O facto de as minas de São Pedro da Cova estarem mobilizadas pelo Ministério da Guerra é fundamental para a compreensão da greve de 1946, já que, desde 1943, um Delegado do referido Ministério (Capitão Miranda) controlava todas as movimentações dos operários.

As condições de trabalho

(...)

Os relatos e depoimentos dos mineiros não precisam de ser ficcionados para os considerarmos como «trágicos» no que toca à caracterização do trabalho no interior das minas. Também as precárias condições de segurança em que labutavam estes trabalhadores originavam graves acidentes de trabalho, significando nalguns casos a própria morte. Um relatório estatístico referente a 1939 indica-nos que nesse ano foram contabilizadas 524 vítimas de acidentes de trabalho ocorridos nestas minas, o que equivale a cerca de 28 por cento do total dos trabalhadores, sendo que 64 por cento desses mesmos acidentes implicaram mais de sete dias de incapacidade de cada uma das suas vítimas. Também na análise do registo diário do pessoal em serviço, referente ao dia anterior à paralisação de 1946, regista-se a existência de 45 sinistrados e 124 doentes, entre mineiros e enchedores, número este assumido pela própria empresa.

(...)

A repressão, as prisões e a resistência

(...)

E é precisamente no conteúdo da correspondência trocada entre o Delegado do Ministério da Guerra, destacado para as minas de S. Pedro da Cova, o Governador Civil e a PIDE, que se pode encontrar algumas das medidas de carácter repressivo que foram tomadas no sentido de inverter o sentido dos acontecimentos.

É num contexto de fortes medidas repressivas que vão ser detidos 31 operários, sendo que na sua maioria eram analfabetos e muitos deles estavam mobilizados ao abrigo do referido decreto governamental.

A repressão é, por sinal, uma das principais memórias que a população guarda da greve de 1946:

(...)

Uma luta vitoriosa

Os efeitos da greve fizeram-se sentir, designadamente ao nível dos salários. Em todos os cadastros referentes a trabalhadores das minas de carvão em serviço no referido ano, pode-se encontrar informação sobre um significativo aumento salarial, registado em 16 de Abril de 1946, mês posterior ao fim da greve. Tendo presente que os baixos salários foram das razões mais apontadas para o início do protesto, este aumento salarial, na média superior aos 15 por cento, representou uma «vitória» nas pretensões dos operários grevistas, dando a este movimento uma dimensão e alcance muito mais significativos.

Com a greve de 1946 nas minas de S. Pedro da Cova, foi lançado o germe para um movimento que ganhará, nos anos e décadas seguintes, uma nova expressão.

(sublinhados meus)

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:10
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 12 de Outubro de 2016
UPP: Alto Minho

UPP Alto Minho 2016

Clicar na imagem para ampliar

 

Sábado, 12 Novembro 2016

Este percurso leva-nos aos vales do Minho e Lima e permite-nos conhecer igrejas representativas do românico e do barroco do Alto Minho.

Visita guiada pelo técnico Intérprete do património, Dr. José Augusto Costa

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:38
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 13 de Setembro de 2016
UPP: Recomeço dos ensaios do coral

UPP Coral 2016-09

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 18:52
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 12 de Setembro de 2016
UPP: Início das aulas

UPP Horário 2016-2017

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:08
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 1 de Julho de 2016
UPP: Convívio de Verão 2016

UPP Convivio Verão 2016

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 10:01
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 27 de Junho de 2016
UPP: Exposição Coletiva do Curso de Desenho e Pintura 2015/2016

Exposição Colectiva 2016

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:58
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 19 de Junho de 2016
UPP: 3 dias no Alentejo (programa)

UPP Alentejo Programa

Clicar na imagem para ampliar

 

29, 30 de Setembro e 1 de Outubro 

3 dias no Alentejo" Pelo 10º ano consecutivo”!

Agora, pela “margem esquerda do Guadiana, para revisitar os Municípios de Moura e Serpa e, pela 1ª vez, depois de um cruzeiro no grande lago do Alqueva, a aldeia da Luz.

Neste cirandar, a primeira sensação que temos ao chegarmos à região é o encontro com a beleza natural da paisagem, forte, imensa, perturbante.

Vamos conhecer, nas suas diversas vertentes, o riquíssimo património existente.

Vamos também reencontrar as Gentes do Alentejo para as conhecer melhor e saber o que pensam do passado e presente com os olhos postos no futuro.

Depois, experimentar a riqueza, os sabores e os aromas e o prazer da cozinha alentejana é uma vivência tão perfeita que justifica, por si só, a visita à Região.

Seja Alentejo por 3 dias!

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:21
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 14 de Junho de 2016
UPP: A música e o nazismo - a perda definitiva da inocência

UPP Musica e Nazismo

 Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:21
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 11 de Junho de 2016
UPP: Contributos para a História do Movimento Operário no Porto

UPP Coloquio Mov Operario

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 19:11
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 8 de Junho de 2016
Fausto Neves: Master Class de Piano

Fausto Neves 2016-MC

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:03
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 7 de Junho de 2016
UPP: Cursos livres 2016 / 20217

UPP Dia Horário Prov

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 09:42
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 4 de Junho de 2016
UPP: Convívio anual 2016

UPP Convivio 2016

Clicar na imagem para ampliar

 

O convívio e partilha de afetos fazem parte da atividade da UPP enquanto espaço de reflexão crítica, de valores, ideias, causas, compromissos, criação, iniciativa e de transformação no sentido que um outro mundo melhor seja possível.

Mais que um conjunto de participantes nas atividades da UPP preparam muita animação e alegria… sem deixar de dizer coisas muito sérias e muito importantes no tempo presente, com forte apelo constante ao papel de cidadãos conscientes e interessados num mundo diferente e melhor.

Até parece simples! Pois… inscreva-se e fica a saber como será!

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:04
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 1 de Junho de 2016
Fausto Neves: Piano no Porto

Fausto Neves 2016

Clicar na imagem para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 00:07
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 27 de Maio de 2016
UPP: apresentação do livro «Dr. Alberto Teixeira de Sousa - O Timoneiro»

UPP Timoneiro

Clicar na imagem para ampliar

 

A direção da UPP-Universidade Popular do Porto e a autora, Professora Fátima Silva, têm o prazer de o(a) convidar para a apresentação do livro Dr. Alberto Teixeira de Sousa - O Timoneiro.

A apresentação, que estará a cargo do Dr. Carlos Duarte Magalhães, terá lugar no próximo dia 07 de junho (terça-feira), pelas 18h.00, na UPP, Rua da Boavista, 736, Porto (Metro: Carolina Michaelis).

Será servido um Porto de Honra.

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 06:50
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 23 de Maio de 2016
UPP: Ensaio da Expressão Artística (alteração de data)

UPP Ensaio expressão artística1

 

Clicar na imagem para ampliar

 

Devido ao feriado de 26 de Maio o inicio do curso foi adiado uma semana.

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 17:28
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 21 de Maio de 2016
UPP: 3 dias no Alentejo

UPP 3 dias Alentejo

Clicar na imagem para ampliar

 

29, 30 de Setembro e 1 de Outubro 

3 dias no Alentejo" Pelo 10º ano consecutivo”!

Agora, pela “margem esquerda do Guadiana, para revisitar os Municípios de Moura e Serpa e, pela 1ª vez, depois de um cruzeiro no grande lago do Alqueva, a aldeia da Luz.

Neste cirandar, a primeira sensação que temos ao chegarmos à região é o encontro com a beleza natural da paisagem, forte, imensa, perturbante.

Vamos conhecer, nas suas diversas vertentes, o riquíssimo património existente.

Vamos também reencontrar as Gentes do Alentejo para as conhecer melhor e saber o que pensam do passado e presente com os olhos postos no futuro.

Depois, experimentar a riqueza, os sabores e os aromas e o prazer da cozinha alentejana é uma vivência tão perfeita que justifica, por si só, a visita à Região.

Seja Alentejo por 3 dias!

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 16:56
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13

19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Passeio das mulheres CDU ...

UPP: Concerto - José Afon...

UPP: Por Terras de Mirand...

UPP: Curso sobre José (Ze...

UPP: História da Associa...

UPP: Debate cidadania, cu...

UPP: Miró - Ver tudo como...

UPP: Visita de Estudo a F...

UPP: Cursos novos em Jane...

UPP: «Nadas de mim»

UPP: VISITA GUIADA à Expo...

UPP: Jantar Natal 2016

UPP: Nascimento e afirmaç...

Trânsito cortado para rep...

«Não podiam trabalhar com...

arquivos
tags

álvaro cunhal

assembleia da república

autarquia

avante!

bce

benfica

blog

blogs

capitalismo

caricatura

cartoon

castendo

cds

cdu

cgtp

cgtp-in

classes

comunicação social

comunismo

comunista

crise

crise do sistema capitalista

cultura

cultural

democracia

desemprego

desenvolvimento

desporto

dialéctica

economia

economista

eleições

emprego

empresas

engels

eua

eugénio rosa

exploração

fascismo

fmi

futebol

governo

governo psd/cds

grupos económicos e financeiros

guerra

história

humor

imagens

imperialismo

impostos

jerónimo de sousa

jornal

josé sócrates

lénine

liberdade

liga

lucros

luta

manifestação

marx

marxismo-leninismo

música

notícias

parlamento europeu

partido comunista português

paz

pcp

penalva do castelo

pensões

poema

poesia

poeta

política

portugal

precariedade

ps

psd

recessão

revolução

revolucionária

revolucionário

rir

salários

saúde

segurança social

sexo

sistema

sistema capitalista

slb

socialismo

socialista

sociedade

sons

trabalhadores

trabalho

troika

união europeia

vídeos

viseu

vitória

todas as tags

LIGAÇÕES A CASTENDO
Visitantes
eXTReMe Tracker
Google Analytics
blogs SAPO
subscrever feeds