Domingo, 3 de Maio de 2009

Debate sobre o Programa Eleitoral

    O PCP previu e preveniu. Alertou, lutou e apresentou ao longo dos anos propostas alternativas. Os que hoje perante a crise e as dificuldades do País procuram distribuir responsabilidades por uma indefinida e anónima referência aos políticos, mais não procuram do que fugir à identificação dos responsáveis e das políticas que ao fim de consumirem mais de 50 mil milhões de euros de fundos comunitários e quase outro tanto de receitas de privatizações, não venceram, antes agravaram essas vulnerabilidades!

                                 

Notícias AQUI e AQUI

                                       

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 00:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 2 de Maio de 2009

Nacional 3-1 Benfica

    SLB, SLB, SLB, GLORIOSO SLB

                                   
sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 23:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quem falou no «ódio de conhecida populaça revolucionária e dos seus responsáveis instigadores»?

    Não, não foi Vitalino Canas.

Vitalino disse que o incidente com Vital Moreira era o resultado do “ódio” instigado pelos comunistas e pela Intersindical ao longo desta legislatura.

    A frase do título foi pronunciada na 2ª sessão legislativa da VII Legislatura (1957-1961) da Assembleia Nacional.

Pode se lida no Diário das Sessões nº 114, página 0843.

Claro que, nesses tempos, os instigadores desse «ódio» eram «chamados» às sedes da PIDE para apresentarem as devidas desculpas.

                                                                    

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                     
Notícias AQUI

                                                                                                                                                                                     

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 23:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Vital Moreira: Ele há coisas fantásticas, não há?

    Algumas perguntas de um observador que se considera atento:

  1. A quem serve este tipo de incidentes? À CGTP-IN? Ao PCP? À CDU? Ao PS? A Vital Moreira?

  2. O que têm João Proença, a UGT, Vitalino Canas, Vital Moreira e tutti quanti na blogosfera e na comunicação social a dizer e a escrever quanto a isto e isto?

  3. Porque razão Vital Moreira, que faz questão de afirmar que não é militante do PS, estava incluído numa delegação OFICIAL do PS?

  4. Esta notícia é verdadeira? Se sim quem alterou o local e o itinerário e porquê? E porque não saiu na edição impressa do jornal?

  5. O PS, Vital Moreira e Vitalino Canas (e tutti quanti na blogosfera e na comunicação social) importam-se de cumprir as regras mínimas do lead jornalístico e de nos informar sobre o onde, o como, o quem e o porquê que os leva a acusar a CGTP-IN e o PCP?

  6. Vital Moreira (e Daniel Oliveira, e Miguel Portas, e etc.) quer fazer o favor de contar aos portugueses em quantas reuniões do PCP participou, enquanto militante deste partido, em que tivesse sido decidido agredir ou provocar militantes de outros partidos, para mais incluídos em delegações oficiais?

  7. O PS, ou o seu governo, já pediram desculpas pelas afirmações daquele  Secretário de Estado que disse que ia «trucidar» trabalhadores da função pública?

  8. «Estragámos a festa. Entrámos (no Estádio 1º de Maio) de roldão, em puro confronto físico, (...) abrindo caminho ao empurrão, ao soco e aos encontrões. (...) Quando lá chegámos (à tribuna) fomos impedidos de entrar pelos elementos da Intersindical (...) Impossibilitados de entrar e de usar da palavra». Vital Moreira e Vitalino Canas desconheciam isto?
  9. Alguém que explicar estes «esquecimentos»?

Notícias AQUI e AQUI

                                                                                                                                        

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 19:09
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

Pensamento de 2 de Maio de 2009

    Prova do que acabámos de atrás referir é, no actual contexto, o escandaloso nível dos lucros dos quatro principais grupos financeiros privados (BCP, BES, Santander Totta e BPI), atingindo entre o 2º semestre de 2007 e o final do ano de 2008, cerca de 2 168 milhões de euros.

                            

Jerónimo de Sousa

                                

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 16:09
link do post | comentar | favorito

Michel Giacometti - o corso que descobriu e amou Portugal - no «Avante!»

80.º aniversário do nascimento de Michel Giacometti - O corso que descobriu Portugal

por Leandro Martins

Michel Giacometti nasceu em Ajaccio, Córsega, em Janeiro de 1929 e veio a falecer em Faro, em Novembro de 1990. Nesses 61 anos que durou a sua vida – tão breve para os seus amigos que profusamente criou, manteve e deixou em Portugal – mais de metade viveu-os no nosso País, numa permanente aventura de descoberta. Continuar a ler

O camarada Michel

por Leandro Martins

Ao longo deste trabalho com que o Avante! comemora o 80.º aniversário de Michel Giacometti, fui dando conta, lendo aqui e ali algumas referências à vida e à obra do etnólogo, que alguns divulgadores-biógrafos, como tantas vezes acontece quando estão em causa personalidades que se distinguiram, tiveram «dificuldades» em admitir que se tratava de um comunista, membro do PCP. Continuar a ler

Datas para evocar o francês corso que mais amou Portugal

por Valdemar Santos

«PCP recordou “percursos coincidentes” de Giacometti», assim titulava O Setubalense, de 17 de Junho de 1996, a notícia sobre a sessão que a Comissão Concelhia de Setúbal do Partido levara a cabo uma semana antes sobre «o homem que, desde os finais da década de 50, percorrera Portugal captando a voz do povo.» Iniciativa que tivera lugar «no espaço do PCP onde não poucas vezes se via a sua figura», «o Centro de Trabalho onde hoje se ergue o Edifício Arrábida» e que ali mesmo levara, curiosamente, os dois docentes do ISCTE que esta noite, com José Casanova, regressam de novo à capital sadina sob a égide, permita-se o termo, deste número do Avante!: Luísa Tiago Oliveira e Jorge Freitas Branco, autores da obra “Ao Encontro do Povo”. Continuar a ler

Publicado neste Blogue:

                                     

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 12:07
link do post | comentar | favorito

O 1º de Maio, os incidentes registados em Lisboa e as manobras e calúnias do PS

 

(...) O PCP saúda os trabalhadores portugueses e a CGTP-IN pela sua participação e realização do 1º de Maio e, ao mesmo tempo que manifesta a sua discordância e lamenta os incidentes verificados em Lisboa – num acto isolado de alguns manifestantes – não pode deixar de rejeitar as acusações, insultos e calúnias dirigidas pelo PS contra o PCP.

Estas atitudes do PS, instrumentalizando estes actos isolados que só podem responsabilizar os próprios e que são inseparáveis da situação de desespero em que milhares de trabalhadores se encontram, constituem uma manobra de carácter eleitoralista que, procurando a vitimização, pretende fugir à discussão dos grandes problemas nacionais, às suas responsabilidades na situação do país e ao julgamento que os trabalhadores e o povo português farão da sua política.  (...)

                                  

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 00:09
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 1 de Maio de 2009

Pensamento de 1 de Maio de 2009

     Entretanto, com diferenciadas respostas concretas a situações concretas, podem apontar-se seis características fundamentais da identidade de um partido comunista, tenha este ou outro nome.

1ª - Ser um partido completamente independente dos interesses, da ideologia, das pressões e ameaças das forças do capital.
Trata-se de uma independência do partido e da classe, elemento constitutivo da identidade de um partido comunista. Afirma-se na própria acção, nos próprios objectivos, na própria ideologia.
A ruptura com essas características essenciais em nenhum caso é uma manifestação de independência mas, pelo contrário, é, em si mesma, a renúncia a ela.

                         

Álvaro Cunhal       

                        

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 16:05
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Lumumba, um filme de Raoul Peck (outra versão)

Outra versão (legendada em castelhano) em doze partes.

A primeira parte é uma introdução (para esquecer... fala até na «guerra fria» (*)) feita por um canal da televisão argentina.

    O filme começa na segunda parte.

A célebre reunião que decidiu da morte de Lumumba é na parte 11 a partir dos 3m 55s.

Para saber mais, e com verdade, é aqui:

(*) Como se a "guerra fria" justificasse os crimes dos colonialistas belgas (e não só...).

Ver aqui Leopold II of Belgium esta fotografia (revoltante) anterior a 1905.

                                                                    

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                      

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 14:25
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

1º Maio 2009 - Lamego

 

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 00:02
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 26 seguidores

.pesquisar

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O atrevimento da ignorânc...

. Manifestação 10 de Julho ...

. Manifestação 10 de Julho ...

. Autarcas querem a regiona...

. Qual o país que conseguir...

. Donald Trump = 62 984 825...

. João Ferreira 1.º candida...

. Roriz 2019

. Porquê agora a Venezuela?

. Ingredientes de uma campa...

.arquivos

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Julho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. álvaro cunhal

. assembleia da república

. autarquia

. avante!

. bce

. benfica

. blog

. blogs

. câmara municipal

. capitalismo

. caricatura

. cartoon

. castendo

. cds

. cdu

. cgtp

. cgtp-in

. classes

. comunicação social

. comunismo

. comunista

. crise

. crise do sistema capitalista

. cultura

. cultural

. democracia

. desemprego

. desenvolvimento

. desporto

. dialéctica

. economia

. economista

. eleições

. emprego

. empresas

. engels

. eua

. eugénio rosa

. exploração

. fascismo

. fmi

. futebol

. governo

. governo psd/cds

. grupos económicos e financeiros

. guerra

. história

. humor

. imagens

. imperialismo

. impostos

. jerónimo de sousa

. jornal

. josé sócrates

. lénine

. liberdade

. liga

. lucros

. luta

. manifestação

. marx

. marxismo-leninismo

. música

. notícias

. parlamento europeu

. partido comunista português

. paz

. pcp

. penalva do castelo

. pensões

. poema

. poesia

. poeta

. política

. portugal

. precariedade

. ps

. psd

. recessão

. revolução

. revolucionária

. revolucionário

. rir

. salários

. saúde

. segurança social

. sexo

. sistema

. slb

. socialismo

. socialista

. sociedade

. sons

. trabalhadores

. trabalho

. troika

. união europeia

. vídeos

. viseu

. vitória

. todas as tags

.links

.Google Analytics

blogs SAPO

.subscrever feeds