Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

O desmanche de Hillary

Texto de Flávia Tavares

    Ser mulher de ex-presidente poderia ajudá-la. Atrapalhou. O ar falso também contribuiu para o declínio.                   

Hillary Rodham Clinton tentou. Chorou na TV. Bateu pesado no adversário, Barack Obama, ao levantar suspeitas sobre o "radicalismo" do colega e competidor no partido. Assoprou, dizendo que ficaria a seu lado se Obama fosse o escolhido. Tirou milhões de dólares da bolsa para financiar a própria campanha. Exibiu o marido em certos comícios e o escondeu em outros. Argumentou que já era hora de os Estados Unidos terem uma mulher na presidência. E, apesar de ficar atrás na contagem dos delegados necessários para fazê-la candidata do Partido Democrata à Casa Branca, a senadora ainda assim não dá sinais de que pretende parar de tentar. Em seu discurso após a vitória apertada nas primárias de Indiana, na última terça [6 de Maio], declarou: "Temos uma estrada longa pela frente, mas vamos continuar a lutar nesse caminho pela América." Hillary insiste.                      

Por quê, se seus correligionários já estão clamando para que ela desista? Para Anne Applebaum, colunista do Washington Post e ganhadora do Pulitzer de 2004 pelo livro Gulag: Uma História dos Campos de Prisioneiros Soviéticos, trata-se de um caso de ambição desmedida. "Talvez ela queira competir com o marido ou talvez seja feminismo", alfineta. "Mas a insistência pode prejudicar os democratas. Se quiser manter algum prestígio político, ela deve sair da disputa."
Mas não se deduza que a potencial derrota de Hillary deve-se ao fato de ser mulher, argumenta Anne. Em entrevista ao Aliás, a colunista americana quase deixa escapar uma gotícula de veneno no canto do lábio ao explicar que o problema não é ser mulher, mas "que" mulher. Crava que Hillary perderá exatamente por ser esposa de ex-presidente e carregar um discurso antigo por trás de um sorriso falso, o que resultaria numa combinação fatal. A desconfiança de que ela não teria chegado aonde chegou não fosse pela aliança com Bill Clinton sempre desagradou as feministas. As idéias associadas à geração pós-1960 da política americana a afasta dos jovens. "Quem acredita ser hora de ter uma mulher na Casa Branca acha que não é esse o tipo de mulher ideal", decreta Anne, para quem Obama é, de longe, o melhor candidato. "Isso não quer dizer que outras candidatas não possam chegar lá. Talvez ainda precisemos de mais uma geração."
               
Há chances de Hillary Clinton se recuperar na corrida pela indicação do Partido Democrata depois das recentes derrotas nas primárias?
Ela está muito atrás de Barack Obama no número de delegados. Não há mais como Hillary vencer a não ser que algo extraordinário aconteça com a campanha dele. Muitos querem sua desistência, porque ela está tirando a atenção do que deveria ser o principal foco no momento: o confronto entre Obama e John McCain.

(sublinhados meus)

                   

Ler Texto Integral

                                     

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    K

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    W

    X

    Y

    Z

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D