Domingo, 23 de Maio de 2010

Apelo por ocasião do 20 de Julho de 1968 (*)

Queridos compatriotas e combatentes em todo o país,

Há 14 anos, após a nossa vitória em Dien Bien Phu, foram assinados os acordos de Genebra, onde eram reconhecidas a independência, a soberania, a unidade e a integridade territorial da nação vietnamita. O nosso povo deveria ter efectuado eleições gerais em Julho de 1956. O nosso país deveria ter-se tornado plenamente independente, livre, pacífico e reunificado. O Norte e o Sul deveriam ter sido reunificados.

Mas os imperialistas belicistas dos EUA violaram os seus próprios compromissos e sabotaram abertamente os Acordos de Genebra. Instalaram o traiçoeiro governo fantoche e desencadearam uma guerra de agressão no Sul do nosso país. Porém, tiveram de enfrentar a resistência extremamente heróica dos nossos compatriotas e dos combatentes no Sul, e sofreram importantes derrotas. Numa tentativa de escapar do seu atolamento no Vietname do Sul, há já três anos que estão a bombardear e agredir o Norte. Minam a independência e neutralidade do Laos, e estão continuamente a ameaçar e a realizar provocações contra o Reino do Cambodja.

A guerra de agressão dos EUA contra o nosso país é uma das guerras mais cruéis da história humana. Os agressores americanos acreditam que com mais de um milhão de militares, incluindo mais de meio milhão de soldados dos EUA, e utilizando armas modernas, podem subjugar o nosso povo. Mas acontece precisamente o contrário. Os nossos heróicos compatriotas e combatentes no Sul, e todo o heróico povo vietnamita ergueram-se decididos, aos milhões, lutando com extrema coragem, derrotando todos os planos militares e políticos do inimigo e alcançando vitórias cada vez maiores.

Desde o princípio de 1968, a guerra de resistência no Sul entrou numa nova fase: os nossos compatriotas e combatentes no Sul lançaram uma ofensiva geral e levantamentos coordenados nas cidades, alcançando vitórias que abalaram os próprios EUA e o mundo inteiro. A criação da Aliança de Forças Nacionais, Democráticas e de Paz foi um grande êxito da política de unificação de todo o povo contra os agressores dos EUA e pela salvação nacional. Ajudou a desmascarar o verdadeiro rosto dos agressores dos EUA e dos traidores, e a isolá-los ainda mais. No Norte, já foram abatidos mais de três mil aviões dos EUA. Portanto, «quer o Norte quer o Sul estão a combater bem». Os imperialistas dos EUA estão a sofrer derrotas cada vez maiores, e estão condenados ao fracasso total.

Mas «burro velho não aprende» e os agressores dos EUA contiuam muito teimosos. No Sul, continuam a intensificar a guerra, a bombardear ferozmente as cidades e a destruir regiões inteiras no campo, ao mesmo tempo que lançam ataques desesperados contra as províncias meridionais do Norte.

Nas conversações de Paris, perante a nossa atitude séria e posições justas, continuam descaradamente e da maneira mais absurda a exigir «reciprocidade». É óbvio que os imperialistas dos EUA não desistiram da sua criminosa guerra de agressão, e tentam continuar a controlar o Sul do nosso país, procurando perpetuar a partição da nossa pátria.

Perante esta situação tão grave, todo o povo, em todo o nosso país, deve persistir e intensificar a resistência à agressão dos EUA e pela salvação nacional. Pela independência e liberdade, os nossos 31 milhões de compatriotas estão decididos a superar todas as dificuldades e fazer todos os sacrifícios, decididos a lutar e a vencer. Os agressores dos EUA estão a ser postos cada vez mais na defensiva e a sofrer cada vez mais fracassos. Estão encurralados. As forças armadas e o povo de todo o nosso país detêm a iniciativa e estão na ofensiva; quanto mais lutam, maiores vitórias alcançam.

Os nossos compatriotas e combatentes no Sul, em ampla e forte unidade sob a gloriosa bandeira da Frente de Libertação Nacional, irão certamente reforçar a luta e alcançar vitórias cada vez maiores.

Os nossos compatriotas e os combatentes no Norte deverão constantemente incrementar a sua vigilância, lutar com coragem, emular no trabalho produtivo, derrotar o inimigo na sua guerra de destruição, estar prontos para desmontar quaisquer novos planos de escalada inimiga, e dar pleno apoio aos nossos compatriotas do Sul, cumprindo assim a tarefa de ser uma grande retaguarda para uma grande frente de combate.

O Norte e o Sul pensam da mesma maneira. Todo o nosso povo irá resistir decididamente e derrotar os agressores dos EUA, libertar o Sul, defender o Norte, e avançar para uma reunificação nacional pacífica.

O nosso povo ama a paz, mas a paz verdadeira só pode existir com a independência e liberdade reais. A nossa posição é justa e clara: no dia em que os imperialistas dos EUA puserem fim à sua guerra de agressão contra o nosso país, pararem de bombardear o Norte, retirarem todas as tropas dos EUA e seus satélites do Vietname do Sul e permitirem que o nosso povo resolva livremente os seus assuntos internos, esse será o dia em que a paz regressará. É este o desejo do nosso povo, como o é também das pessoas progressistas nos EUA e de todos os povos pacíficos e amantes da paz em todo o mundo. A única maneira de restaurar a paz é com a retirada total das tropas dos EUA e seus satélites. O Vietname para os vietnamitas!

Queridos compatriotas e combatentes,

O povo vietnamita está a combater a maior guerra de resistência da sua história.

Pela independência e liberdade da nossa Pátria, pelo campo socialista, pelos povos

oprimidos e a humanidade progressista, estamos a lutar e a derrotar o inimigo mais cruel da humanidade. No nosso país está-se a travar uma luta feroz entre a justiça e a injustiça, entre a civilização e a barbárie. Os povos dos países socialistas irmãos e os progressistas de todo o mundo têm os olhos postos no Vietname e felicitam calorosamente os nossos compatriotas e combatentes. Em nome do povo Vietnamita, aproveito esta ocasião para agradecer sinceramente aos países socialistas irmãos e a todos os nossos amigos nos cinco continentes pelo pleno apoio que têm prestado ao nosso povo na sua sagrada resistência contra a agressão dos EUA, e na sua luta pela salvação nacional.

O nosso povo é sumamente heróico. A nossa orientação é muito correcta. Temos a razão do nosso lado. Inspiram-nos uma vontade e determinação inquebrantáveis para lutar e vencer. Temos a força invencível da unidade de todo o povo, e contamos com simpatia e apoio de toda a humanidade progressista.

Os imperialistas dos EUA serão certamente derrotados!

O nosso povo sairá certamente vitorioso!

Compatriotas e combatentes em todo o país, avante!

 

(*) Ho Chi Minh, Obras Escolhidas, Parte 3 (1954-1969)

In revista «O Militante» - Edição de Maio/Junho de 2010 (site em manutenção)

-

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 12:10
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 26 seguidores

.pesquisar

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O atrevimento da ignorânc...

. Manifestação 10 de Julho ...

. Manifestação 10 de Julho ...

. Autarcas querem a regiona...

. Qual o país que conseguir...

. Donald Trump = 62 984 825...

. João Ferreira 1.º candida...

. Roriz 2019

. Porquê agora a Venezuela?

. Ingredientes de uma campa...

.arquivos

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Julho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. álvaro cunhal

. assembleia da república

. autarquia

. avante!

. bce

. benfica

. blog

. blogs

. câmara municipal

. capitalismo

. caricatura

. cartoon

. castendo

. cds

. cdu

. cgtp

. cgtp-in

. classes

. comunicação social

. comunismo

. comunista

. crise

. crise do sistema capitalista

. cultura

. cultural

. democracia

. desemprego

. desenvolvimento

. desporto

. dialéctica

. economia

. economista

. eleições

. emprego

. empresas

. engels

. eua

. eugénio rosa

. exploração

. fascismo

. fmi

. futebol

. governo

. governo psd/cds

. grupos económicos e financeiros

. guerra

. história

. humor

. imagens

. imperialismo

. impostos

. jerónimo de sousa

. jornal

. josé sócrates

. lénine

. liberdade

. liga

. lucros

. luta

. manifestação

. marx

. marxismo-leninismo

. música

. notícias

. parlamento europeu

. partido comunista português

. paz

. pcp

. penalva do castelo

. pensões

. poema

. poesia

. poeta

. política

. portugal

. precariedade

. ps

. psd

. recessão

. revolução

. revolucionária

. revolucionário

. rir

. salários

. saúde

. segurança social

. sexo

. sistema

. slb

. socialismo

. socialista

. sociedade

. sons

. trabalhadores

. trabalho

. troika

. união europeia

. vídeos

. viseu

. vitória

. todas as tags

.links

.Google Analytics

blogs SAPO

.subscrever feeds