Segunda-feira, 2 de Maio de 2011

Dia Internacional dos Trabalhadores em 45 localidades

Festa de Maio com forte apelo de luta

-

Galeria de Fotografias

-

Dossier - 1º de Maio - 120 anos

-

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 09:03
link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Maio de 2011

Em Maio surgiu vermelho o cravo do mês de Junho

-

-

O Futuro    
 
Isto vai meus amigos isto vai
um passo atrás são sempre dois em frente
e um povo verdadeiro não se trai
não quer gente mais gente que outra gente.


Isto vai meus amigos isto vai
o que é preciso é ter sempre presente
que o presente é um tempo que se vai
e o futuro é o tempo resistente.

Depois da tempestade há a bonança
que é verde como a cor que tem a esperança
quando a água de Abril sobre nós cai.

O que é preciso é termos confiança
se fizermos de Maio a nossa lança
isto vai meus amigos isto vai.

                                                

José Carlos Ary dos Santos

                                         

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 00:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 29 de Abril de 2011

1º de Maio: Contra as injustiças - Mudar de políticas

COMEMORAÇÕES DO 1º DE MAIO DE 2011 – CGTP-IN

-

Para Ler, Ouvir e Ver:

-

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 12:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 25 de Abril de 2011

Há 37 anos: As Portas que Abril abriu

 

José Carlos Ary dos Santos: As Portas que Abril abriu

-

Para Ver e Ouvir:

-

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 08:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 25 de Abril de 2010

Por Abril, Lutar e Vencer

José Carlos Ary dos Santos: As Portas que Abril abriu

-

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 5 de Maio de 2009

As comemorações do 1º de Maio, os incidentes em Lisboa e a situação política actual

I


As comemorações do 1º de Maio realizadas em todo o país pela CGTP-IN, pela sua dimensão e participação, confirmaram o amplo e profundo descontentamento dos trabalhadores com a política do Governo PS, a necessidade de mudança de rumo na actual situação nacional e uma inabalável determinação e confiança dos trabalhadores e do Povo português em prosseguir a luta por uma vida melhor.

Num momento em que o país vive uma grave crise – da responsabilidade de mais de 33 anos de políticas de direita de PS, PSD e CDS-PP - , a presença combativa e serena de milhares de trabalhadores nas ruas, constitui uma afirmação de que não prescindem de exigir o aumento dos salários, a defesa do emprego com direitos, o combate à precariedade, a revogação dos aspectos mais gravosos da actual legislação laboral, o acesso à saúde, à educação e à segurança social pública e universal.

Para o PCP o país não está condenado ao desemprego, à precariedade, aos baixos salários, às injustiças sociais, ou à corrupção. A situação a que o país chegou - mais desigual, mais injusto, mais dependente e menos democrático – só pode ser alterada com a ruptura com a política de direita que o PCP e a CDU propõem ao país.


II


O PCP ao mesmo tempo que reafirma a sua discordância e lamenta os incidentes verificados em Lisboa – num acto isolado de alguns manifestantes e que só responsabiliza os próprios – manifesta a sua perplexidade e rejeita as insistentes acusações, insultos, provocações e calúnias dirigidas desde a primeira hora pela direcção do PS contra o PCP.

A clara instrumentalização destes incidentes por parte do PS – posição que seguramente não é acompanhada por muitos socialistas - numa operação com objectivos claramente eleitoralistas, visa não apenas a sua vitimização, mas sobretudo a tentativa de esconder a dimensão do protesto e da luta neste 1º Maio, atacar o PCP e o movimento sindical unitário, de fugir ao debate e às responsabilidades do Governo PS na actual situação do país.

Com a instrumentalização destes incidentes, o Governo PS, como as declarações de José Sócrates revelam, procura fazer um ajuste de contas com a força política que de forma clara e determinada tem combatido a sua política. Um ajuste de contas com aqueles que ao lado dos trabalhadores e do Povo, têm sido a verdadeira oposição ao Governo nas palavras e nos actos. Na prática o reconhecimento do papel insubstituível do PCP que perante as injustiças sociais, perante a arrogância da maioria absoluta do PS, esclareceu, animou, mobilizou e deu confiança aos trabalhadores e ao Povo português e impediu que a ofensiva contra os seus direitos tivesse ido mais longe.

Como bem sabe o PS, o PCP não pede desculpas por situações sobre as quais não tem qualquer responsabilidade.

Reafirmamos que desculpas deve-as o PS ao PCP pelas afirmações insultuosas que lhe dirigiu. Desculpas, deve-as o PS sobretudo aos trabalhadores e ao Povo português, àqueles que ficaram sem emprego, aos que vivem com baixos salários, aos que o dinheiro não chega para pagar as despesas, aos jovens empurrados para a precariedade e insegurança, às populações a quem encerraram serviços públicos, aos pequenos empresários arruinados nos últimos anos, a todos os que sofrem com a política injusta deste Governo.

Quando muitos insistem na maioria absoluta, ou admitem a possibilidade de um entendimento entre PS e PSD, para garantir no essencial a continuidade da política de direita, compreende-se melhor a dimensão do ataque que está a ser dirigido contra o Partido Comunista Português, a força sem a qual não é possível construir uma política alternativa que rompa com mais de 33 anos de política de direita e dê resposta aos problemas dos trabalhadores e do Povo, construindo um Portugal com futuro.

 

III


O PCP reafirma que não se deixará condicionar ou intimidar na sua intervenção e luta, nas milhares de acções de campanha que tem previstas, no contacto que realizará com os trabalhadores, com a juventude, com os agricultores, com os pequenos empresários, com todos aqueles que justamente aspiram a uma vida melhor.  

A realização no próximo dia 23 de Maio em Lisboa, da Marcha - Protesto  Confiança e Luta. Nova Política – Uma vida Melhor, promovida no âmbito da CDU, constituirá a mais cabal resposta àqueles que procuram condicionar a exigência de uma ruptura com a política de direita, uma comprovada afirmação de que é ao lado do PCP e da CDU que estão muitos dos que ao longo dos últimos anos têm combatido o Governo PS, e uma renovada afirmação de confiança na mudança de políticas que os trabalhadores e o Povo português reclamam.

(sublinhados meus)

                                      

In Conferência de Imprensa do PCP com Vasco Cardoso, da Comissão Política do CC do PCP

                                                              

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 00:03
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 26 seguidores

.pesquisar

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. 1 de Maio de 1851 – Prime...

. Programa de comemorações ...

. Viseu: Todos ao 1º de Mai...

. Comemorações do 1º de Mai...

. 1º Maio 1974 em Portugal ...

. 1º Maio 1974 - 1º Maio 20...

. Há 40 anos: As Portas que...

. José Carlos Ary dos Santo...

. 25 de Abril de 2012 na As...

. Sementes de esperança: As...

.arquivos

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Julho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. álvaro cunhal

. assembleia da república

. autarquia

. avante!

. bce

. benfica

. blog

. blogs

. câmara municipal

. capitalismo

. caricatura

. cartoon

. castendo

. cds

. cdu

. cgtp

. cgtp-in

. classes

. comunicação social

. comunismo

. comunista

. crise

. crise do sistema capitalista

. cultura

. cultural

. democracia

. desemprego

. desenvolvimento

. desporto

. dialéctica

. economia

. economista

. eleições

. emprego

. empresas

. engels

. eua

. eugénio rosa

. exploração

. fascismo

. fmi

. futebol

. governo

. governo psd/cds

. grupos económicos e financeiros

. guerra

. história

. humor

. imagens

. imperialismo

. impostos

. jerónimo de sousa

. jornal

. josé sócrates

. lénine

. liberdade

. liga

. lucros

. luta

. manifestação

. marx

. marxismo-leninismo

. música

. notícias

. parlamento europeu

. partido comunista português

. paz

. pcp

. penalva do castelo

. pensões

. poema

. poesia

. poeta

. política

. portugal

. precariedade

. ps

. psd

. recessão

. revolução

. revolucionária

. revolucionário

. rir

. salários

. saúde

. segurança social

. sexo

. sistema

. slb

. socialismo

. socialista

. sociedade

. sons

. trabalhadores

. trabalho

. troika

. união europeia

. vídeos

. viseu

. vitória

. todas as tags

.links

.Google Analytics

blogs SAPO

.subscrever feeds