TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»
Domingo, 11 de Março de 2018
O BE e as agressões imperialistas

Bloco de Esquerda.jpg

 

DESINFORMAÇÃO O texto sobre a Síria apresentado pelo Bloco de Esquerda na Assembleia da República e aprovado com os votos favoráveis de CDS, PSD, PS, BE e PAN «poderia ter sido subscrito pelo próprio Donald Trump», como disse eloquentemente João Oliveira, ao apresentar a declaração do voto contra do PCP. O texto do BE reproduz todas as patranhas da propaganda de guerra de agressão à Síria.

Nada diz sobre as causas de fundo daquela guerra, mais uma no infindável rol de guerras e ingerências do imperialismo. Nem sobre a natureza terrorista dos exércitos fundamentalistas, armados e financiados pelo imperialismo para impor o seu domínio na região, através da morte e da destruição dos estados que recusam submeter-se. É uma vergonha. Mas é uma opção cujas causas importa compreender.

Como todas as guerras de agressão do imperialismo, a guerra contra a Síria não se combate apenas no plano militar. Combate-se também através de enormes e mentirosas campanhas propagandísticas que diariamente nos entram em casa, em tudo análogas às patranhas já usadas noutras guerras. Foi assim com as inexistentes ‘armas de destruição em massa de Saddam Hussein’. Foi assim com os inexistentes ‘bombardeamentos de Kadafi sobre o seu povo’, explicitamente desmentidos na altura pelo embaixador de Portugal na Líbia, Rui Lopes Aleixo (Antena 1, 23.2.11) e mais tarde pelo Relatório da Comissão dos Negócios Estrangeiros da Câmara dos Comuns britânica (Setembro 2016). Foi assim com a campanha de demonização de Milosevic, apresentado como ‘carniceiro dos Balcãs’ e ‘novo Hitler’, para ‘justificar’ a guerra da NATO contra a Jugoslávia, não sendo porém manchete que dez anos após a sua morte nos calabouços do Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia, este mesmo ‘tribunal dos vencedores’ acabou por confessar que Milosevic não tinha patrocinado qualquer genocídio (Avante!, 18.8.16).

Ler texto integral

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:54
link do post | comentar | favorito

6 comentários:
De Augusto a 11 de Março de 2018 às 15:31
O pior cego é aquele que não quer ver, ou se deixa arrastar por propaganda sectária. Quem paga é o povo da Síria, sejam as bombas russas, americanas, da Arábia saudita , do Irão , de Israel ou da Turquia.


De António Vilarigues a 11 de Março de 2018 às 20:25
«O pior cego é aquele que não quer ver».

Não podia estar mais de acordo.

Se leu o texto na íntegra terá de concordar comigo que se aplica que nem uma luva ao BE...


De Augusto a 12 de Março de 2018 às 11:27
Aplica-se como uma luva aqueles que acham que há ditadores bons e ditadores maus .

Sejam Assad ou Salazar, Kim 1 , 2 , 3 ou Franco.

Como não há invasões boas ou más , sejam elas levadas a cabo pela ex União Soviética, Checoslováquia 1968, ou Afganistão, ou pelos EUA Vietname .


De António Vilarigues a 12 de Março de 2018 às 12:43
O Augusto não vê, ou não quer ver, o problema de fundo:

Há 200 anos nasceu um senhor, Karl Marx, que juntamente com Engels teorizou sobre algo que já era conhecido há muito - A LUTA DE CLASSES.

Que nos nossos dias é mais aguda que nunca trazendo há memória a frase de Rosa Luxemburgo: CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE!

O Augusto foge como o diabo da cruz da discussão concreta e não contesta os exemplos avançados pelo Jorge Cadima no artigo do jornal «Avante!».

Vamos à Venezuela: há algum país do mundo que no mesmo espaço de tempo tenha realizado tantos actos eleitorais, mais de duas dezenas, reconhecidos como genuinamente democráticos?
Jimmy Carter, ex-presidente dos EUA, chegou mesmo a dizer que o sistema eleitoral Venezuelano é o mais perfeito do Globo!

Qual é então o problema do BE? Já esqueceu o que se passou no Chile de Allende nos anos e meses que antecederam o golpe fascista de Pinochet e os mais de 28 mil mortos que lhe sucederam? O quer ver a sua repetição na martirizada Venezuela bolivariana?

E o que diz o Augusto a isto, e cito o Jorge Cadima:

«Afeganistão (como confessou Z. Brzezinski ao Nouvel Observateur, 15.1.88). O ex-ministro dos Negócios Estrangeiros britânico Robin Cook escreveu: «a Al Qaeda, que literalmente significa ‘a base’, era na sua origem o ficheiro de computador contendo os milhares de mujahedins que foram recrutados e treinados com a ajuda da CIA, para derrotar os russos» (The Guardian, 8.7.05).

Os dirigentes do BE não podem alegar que não sabem que a estratégia de militarizar, desde o seu início em 2011, os protestos na Síria, foi oficialmente apadrinhada, financiada e armada pelo imperialismo, chegando ao ponto de pagar os ‘salários’ dos mercenários, não apenas através das ditaduras filo-imperialistas do Golfo (ABC ou Times of Israel, 1.4.12), mas directamente pelos EUA (New York Times, 18.9.14, ou Reuters, 22.6.15).

Não podem alegar que desconhecem notícias da própria imprensa que mais tem promovido a guerra contra a Síria, como por exemplo este título: «Agora a verdade vem ao de cima: como os EUA alimentaram o ascenso do ISIS na Síria e no Iraque» (The Guardian, 3.6.15).

Não podem alegar que não sabem dos planos imperialistas para de novo retalhar o Médio Oriente, a fim de tomar controlo directo dos seus gigantescos recursos.»

Passe bem.


De Augusto a 12 de Março de 2018 às 19:12
Já vi que o meu caro gosta muito de propaganda disfarçada de factos , e os factos são o diabo ...
Assad é ditador , tal como o pai, são criminosos como criminosos foram Franco e Salazar , tentar dourar a pílula é fruto de ler muita propaganda .
Na guerra da Síria h á interesses cruzados , a luta da Rússia para manter as bases e dos EUA para as eliminar.
A luta da Arábia saudita , Qatar , Turquia com o apoio de Israel pela hegemonia na região contra o Irão .
Nenhum destes contendores se preocupa com o povo da Síria , nenhum destes adversários quer uma Síria Democrática, eu percebo isso, o Vilarigues e o PCP , a reboque da Rússia continuam com a sua cantilena , é o costume.

Sobre o Marx , retiro só uma frase " Proletários de todos os países UNI-VOS" ainda não consegui entender como se consegue encaixar esta frase com a fraseologia patrioteira , como leio na propaganda do seu partido.

Tenha um bom dia.



De António Vilarigues a 13 de Março de 2018 às 12:40
É fácil discutir sem ir aos factos, mas comigo não resulta.

Pela enésima vez: qual dos factos citados pelo Jorge Cadima é "propaganda"? Responda lá que eu ainda estou à espera.

Ao contrário do Augusto que , pelos vistos, bebe come verdades tudo o que a comunicação social dominante publica, eu procuro quem conheça a situação no terreno, in loco, há anos como o PCP.

Sobre a Síria, leia e estude o que aqui se tem publicado há mais de 10 anos. É só clicar na tag respectiva e tem dezenas de posts e artigos. http://ocastendo.blogs.sapo.pt/tag/s%C3%ADria

Quanto ao "a reboque da Rússia" só para rir. Desde 26 de Dezembro de 1991 que a Rússia é um país capitalista e como tal se comporta na cena internacional (ainda não deu por isso?). O que não invalida as contradições evidentes com os EUA.

Para terminar recomendo-lhe a leitura de um artigo meu que talvez o ajude a destrinçar a relação dialéctica entre o nacional e o internacional.Aqui fica: «Algumas notas sobre o óbvio» http://ocastendo.blogs.sapo.pt/1411597.html.

Passe bem


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Junta de Freguesia de Sez...

XIª Assembleia da Organiz...

Obras de «Santa Engrácia»...

IP3 - Nota Conjunta das D...

Sobre a inauguração da TA...

Intervenção do Eleito da ...

Deputado do PCP, Miguel T...

PCP apresenta propostas p...

Feirense 0-2 Benfica

Mais uma vez sobre o capi...

Jantar 97º Aniversário PC...

Dia Internacional da mulh...

João Ferreira na Iniciati...

Estava a URSS preparada ...

DOSSIER: Plano de Emergên...

arquivos
tags

álvaro cunhal

assembleia da república

autarquia

avante!

bce

benfica

blog

blogs

câmara municipal

capitalismo

caricatura

cartoon

castendo

cds

cdu

cgtp

cgtp-in

classes

comunicação social

comunismo

comunista

crise

crise do sistema capitalista

cultura

cultural

democracia

desemprego

desenvolvimento

desporto

dialéctica

economia

economista

eleições

emprego

empresas

engels

eua

eugénio rosa

exploração

fascismo

fmi

futebol

governo

governo psd/cds

grupos económicos e financeiros

guerra

história

humor

imagens

imperialismo

impostos

jerónimo de sousa

jornal

josé sócrates

lénine

liberdade

liga

lucros

luta

manifestação

marx

marxismo-leninismo

música

notícias

parlamento europeu

partido comunista português

paz

pcp

penalva do castelo

pensões

poema

poesia

poeta

política

portugal

precariedade

ps

psd

recessão

revolução

revolucionária

revolucionário

rir

salários

saúde

segurança social

sexo

sistema

slb

socialismo

socialista

sociedade

sons

trabalhadores

trabalho

troika

união europeia

vídeos

viseu

vitória

todas as tags

LIGAÇÕES A CASTENDO
Visitantes
eXTReMe Tracker
Google Analytics
blogs SAPO
subscrever feeds