Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

Argentina: Mostra de humor gráfico pela memória, a verdade e a justiça (5)

J. R. Mora

-


Para Ler:

Publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_

Argentina: Mostra de humor gráfico pela memória, a verdade e a justiça (4)

-


Para Ler:

Publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_

Argentina: Mostra de humor gráfico pela memória, a verdade e a justiça (3)

Joe Esteves Curbelo

-

- Você acredita, sr. ex-coronel, que com esse disfarce iludirá a Justiça?

- É que sempre ouvi dizer que a Justiça era cega...

-


Para Ler:

Publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_

Argentina: Mostra de humor gráfico pela memória, a verdade e a justiça (2)

Alfredo Martirena

-


Para Ler:

Publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_

Argentina: Mostra de humor gráfico pela memória, a verdade e a justiça (1)

Grupos defensores de los derechos humanos como las Madres de Plaza de Mayo y el Servicio Paz y Justicia, estiman que hubo 30.000 desaparecidos

-


Para Ler:

Publicado neste blog:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_

Abaixo a impunidade!

Abaixo a Impunidade Latuff2 (Carlos Latuff)

                                                 

Ler o comentário de Latuff:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                   

Lei da Amnistia no Brasil

Punidos e impunes da Anistia   Latuff2 (Carlos Latuff)

                                                

Comentários de Carlos Latuff:

Com todo esse burburinho sobre a revisão da Lei de Anistia prevista no Programa Nacional de Direitos Humanos, um discurso tem sido frequente. Que se deva apurar os crimes cometidos de ambos os lados durante o regime militar, tanto dos militantes de esquerda quanto das forças de repressão.

O que a primeira vista pode parecer uma posição de aparente equilíbrio, traz na verdade um conceito reacionário, de que a resistência armada a um regime de exceção seja vista como crime (criminalização).

Não nos esqueçamos de que os militantes de esquerda que lutaram contra a ditadura militar no Brasil já tiveram punição suficiente. Foram presos, cassados, implacavelmente torturados, executados, desaparecidos. Já seus carrascos, sem nenhum arranhão, escaparam tranquilos da Justiça, indo se refugiar nos braços da Lei de Anistia, inclusive reverenciados pelos seus atuais colegas de farda nos clubes militares da vida.

Levar ao banco dos réus ex-militantes que pegaram em armas para enfrentar fascistas no Brasil seria tão absurdo quanto julgar os partisans pelos atentados cometidos contra militares alemães durante a ocupação da França na Segunda Guerra Mundial. É confundir, maliciosamente, vítimas com algozes...mais uma vez.

Por isso, meus caros internautas, eu lhes trago este checklist, para que possam imprimir em papel cartão, num tamanho que caiba no bolso ou dentro da carteira. Quando o assunto for revisão da Lei de Anistia e alguém lhe disser que "ambos os lados devam ser punidos", mostre essa charge, só como um lembrete de mais essa verdade inconveniente.

Para Ler:

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

                                                                   

ASSASSINADOS!

    Um pouco ao acaso da Internet... Sem pretensão de ser exaustivo porque são tantos

Gostaria de pôr aqui o rosto de cada um deles:

 
"Saí da sombra
por um momento
rostos anónimos, dissimulados, e aceitai
o nosso agradecimento".
                    
Bertolt Brecht

                                    

                                                               

     Este es uno mas de los crimenes contra los sindicalistas en colombia, actualmente colombia es el pais donde mas sindicalista son asesinados. Ello, es uno de los motivos principales del por que en congreso de los EEUU no quiso firmar el tratado con colombia.
Hoy martes 22 de Abril, se hizo una orden de arresto contra el primo del presidente Uribe por tener vinculos con los paramilitares.

                                                 

 

                                                                                      

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    K

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    W

    X

    Y

    Z

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D