Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

O que é preciso é facturar!...

    «O Governo aprovou recentemente em Conselho de Ministros o Decreto-lei que culmina o edifício legislativo de privatização da rede viária nacional iniciado com a RCM 89/2007 de 14 de Junho. O eufemismo da figura de concessão, não esconde a efectiva privatização das estradas do País, patente no prazo da concessão – até 2099 – e na entrada do capital privado, para já, em 50% no capital social da nova empresa EP, SA. A gravidade da decisão tomada, empurrada pela manipulação do OE decorrente da obsessão do défice, leva à criação de um novo imposto, para já disfarçado como parte do ISP, põe em causa a finalização do PRN, considerado pelo Governo “excessivamente ambicioso”, e entrega aos grupos económicos que controlam a Rede de Auto-Estradas, o resto da rede viária nacional, e indirectamente às grandes empresas de construção civil a monopolização do mercado das obras das grandes infra-estruturas públicas. A filosofia neoliberal que justifica tal decisão, faz da rede viária nacional uma estrutura que apenas interessa aos que nela circulam, subvertendo a sua importância estratégica e nacional, e viola a Constituição que define as estradas como “domínio público”.» (Bernardino Soares)
     
Estão a perceber o porquê da "fúria" sobre a publicidade nas EN?...
  

Nova prorrogação...

 Ainda não é desta! O executivo da Câmara de Penalva do Castelo, na sua reunião pública de 28 de Setembro, aprovou, com um voto contra, a prorrogação do prazo de construção da estrada Pindo, Roriz, Lusinde e Santa Eulália.

Desta feita até Março de 2008.

  

Estamos cá para ver se é a última...

  

Mais uma trapalhada

    Há alguns meses a população de Pindo, Roriz, Lusinde e Santa Eulália manifestou-se em protesto pelo atraso nas obras na respectiva estrada. Largas dezenas de pessoas cortaram a estrada de acesso à vila junto à Adega Cooperativa. E, fruto da luta, as obras avançaram.
Menos de 10 meses depois está tudo, de novo, parado. Fala-se em dificuldades financeiras do empreiteiro. Ao que parece com razão. Custa muito informar as populações do que se passa de facto? (para tentar desmobilizar a manifestação o senhor Presidente foi célere a mandar distribuir e afixar comunicados…)? Ou, para a maioria PSD/CDS, os cidadãos não são merecedores de conhecerem a realidade? Ou será que uma obra que começou em 2001, e já há muito que deveria estar concluída, não merece atenção?

 

Na Reunião Pública do executivo camarário já no próxima sexta-feira dia 27, pelas 14h30m este assunto vai ser discutido.

Os interessados em intervir terão que se inscrever até 48 horas antes do início da sessão, ou seja hoje.

 

O que se passa?

    Há alguns meses a população de Pindo, Roriz, Lusinde e Santa Eulália manifestou-se em protesto pelo atraso nas obras na respectiva estrada. Largas dezenas de pessoas cortaram a estrada de acesso à vila junto à Adega Cooperativa. E, fruto da luta, as obras avançaram.
Menos de 9 meses depois está tudo, de novo, parado. Fala-se em dificuldades financeiras do empreiteiro. Custa muito informar as populações do que se passa de facto (para tentar desmobilizar a manifestação o senhor Presidente foi célere a mandar distribuir e afixar comunicados…)? Ou, para a maioria PSD/CDS, os cidadãos não são merecedores de conhecerem a realidade? Ou será que uma obra que começou em 2001, e já há muito que deveria estar concluída, não merece atenção?
E o que se passa com as análises da qualidade da água? Soube-se na Assembleia Municipal que a água da rede pública em Germil e Trancozelos está imprópria para consumo desde 2005!!! E a Câmara, mais uma vez, fecha-se em copas. Recordamos que por lei os resultados das análises devem ser afixados em locais públicos.

 

In Boletim CDU de Penalva do Castelo nº 4 - Junho 2007


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    K

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    W

    X

    Y

    Z

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D