Sexta-feira, 16 de Setembro de 2011

Islândia julga ex-governante

 

O ex-primeiro-ministro da Islândia, Geir H. Haarde, começou a ser julgado, dia 5, por actuação negligente na crise que levou ao colapso bancário em Outubro 2008 e colocou o país na bancarrota.

Já na audiência preliminar, em Junho, Haarde rejeitou todas as acusações, designadamente de ter violado a lei sobre a responsabilidade dos ministros, de ter ignorado os avisos que recebeu sobre o colapso iminente dos principais bancos islandeses e de não ter agido em consequência.

O ex-governante considera que está a ser vítima de uma «farsa» e do «primeiro processo político» no país. Porém, depois de há um ano o parlamento islandês ter dado luz verde ao processo, com base no relatório de uma comissão de inquérito sobre as responsabilidades da crise, Haarde arrisca-se a uma pena de dois anos de prisão, caso a sua culpa seja provada.

O julgamento é conduzido por um tribunal especial, o Landsdómur, criado em 1905 para apreciar acções criminosas dos membros do governo e que até hoje nunca tinha funcionado.

-

-

-

Publicado neste blog:

-

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 12:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 3 de Agosto de 2011

Notícias da Islândia

Notícias da Islândia

-

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 00:09
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Abril de 2011

O exemplo que vem da Islândia

(...) uma sugestão aos partidos e personalidades que apoiam a vinda do FMI: Perguntem ao povo, promovam um referendo tal como na ISLÂNDIA para se saber se concorda com o não pagamento de pelo menos os juros agiotas que titulam os empréstimos destes últimos meses. Se está ou não de acordo com a Renegociação da dívida, exigindo alongamento dos prazos diminuição das taxas de juro e anulação de uma parte...

 

-

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 12:07
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2011

Dados de 2010 da OIT confirmam: 205 milhões de desempregados

O desemprego e a precariedade permanecem como flagelos mundiais, confirma a OIT que destaca como particularmente grave a situação nos países ditos desenvolvidos.

Segundo relatório «Tendências mundiais do emprego – 2011», divulgado pela Organização Internacional do Trabalho, o número de desempregados em 2010 permanece inalterado face a 2009, isto é, mais de 205 milhões de pessoas em todo o mundo continuam sem ocupação laboral, situação agravada pela crise iniciada há dois anos e meio.

Ler Texto Integral

-

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 00:07
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Outubro de 2010

O Governo e a «democracia» dos «mercados» (II)

¿Alguna sugerencia?, Desenho de Manel Fontdevila

-

- Quero insistir em que... estou aberto... a qualquer sugestão...

- ... é urgente!

-

Para Ler:

«Sujeito de boa fé, não suspeito de que os compromissos comerciais da RTP pudessem esperar dois ou três minutos mais se Carvalho da Silva não tivesse iniciado a sua intervenção com tanta fogosidade e com sínteses tão dirigidas ao fundamental. Disse ele, calcule-se!, e para mais com o ar de ter perdido um pouco a paciência que contudo deve ser muita e já duramente experimentada, ter por certo que a actual crise é «o maior roubo organizado da História da humanidade». Que o futuro dos povos não vai poder continuar a ser «mais do mesmo». Que não pode prosseguir a aplicação ao mundo do agora dominante fundamentalismo neoliberal. Lembrou que as famigeradas agências de rating não passam de «extensões do actual sistema financeiro». Disse isto em pouco tempo e quase de rajada, pelo que bem se entende que o intervalo para as publicidades não pudesse esperar nem mais um segundoSem relógio de pulso (Edição N.º 1922, 30-09-2010)

-

resistir.info:

Diz a Moody's, agência de classificação de crédito, que "Portugal e Grécia enfrentam risco de morte lenta". Depois da Islândia, eles estão assustados. Mas o susto deles não é com o destino dos povos português ou grego. O susto deles é um susto de credores: especuladores que querem recuperar o seu dinheiro. Mas a desmoralização das agências de classificação de crédito é mais do que muita. Elas não foram sequer capazes de prever o afundamento da Islândia, nem dos países bálticos e nem dos próprios Estados Unidos. Na realidade, a verdadeira morte lenta é a progressiva desindustrialização de Portugal, o encerramento de sectores inteiros da economia nacional, o desemprego crescente, a falta de perspectivas para a juventude, a ausência de política energética, os investimentos ruinosos – como o novo aeroporto – programados pelo governo do sr. Sócrates. Todo esse panorama sombrio foi preparado pelo PS & PPD, quando mancomunados destruíram o Sector Empresarial do Estado. Só com um novo programa de nacionalizações, a principiar pela banca privada, será possível escapar a isso.

-

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 12:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 7 de Outubro de 2010

O Governo e a «democracia» dos «mercados» (I)

Restrictivos y austeros, (Territorio Vergara)

-

- Agora não posso falar... É que estamos a apresentar as linhas gerais para a sua aprovação.

- Na Assembleia?

- Não. Isso é depois...

-

Para Ler:

«Sujeito de boa fé, não suspeito de que os compromissos comerciais da RTP pudessem esperar dois ou três minutos mais se Carvalho da Silva não tivesse iniciado a sua intervenção com tanta fogosidade e com sínteses tão dirigidas ao fundamental. Disse ele, calcule-se!, e para mais com o ar de ter perdido um pouco a paciência que contudo deve ser muita e já duramente experimentada, ter por certo que a actual crise é «o maior roubo organizado da História da humanidade». Que o futuro dos povos não vai poder continuar a ser «mais do mesmo». Que não pode prosseguir a aplicação ao mundo do agora dominante fundamentalismo neoliberal. Lembrou que as famigeradas agências de rating não passam de «extensões do actual sistema financeiro». Disse isto em pouco tempo e quase de rajada, pelo que bem se entende que o intervalo para as publicidades não pudesse esperar nem mais um segundoSem relógio de pulso (Edição N.º 1922, 30-09-2010)

-

resistir.info:

Diz a Moody's, agência de classificação de crédito, que "Portugal e Grécia enfrentam risco de morte lenta". Depois da Islândia, eles estão assustados. Mas o susto deles não é com o destino dos povos português ou grego. O susto deles é um susto de credores: especuladores que querem recuperar o seu dinheiro. Mas a desmoralização das agências de classificação de crédito é mais do que muita. Elas não foram sequer capazes de prever o afundamento da Islândia, nem dos países bálticos e nem dos próprios Estados Unidos. Na realidade, a verdadeira morte lenta é a progressiva desindustrialização de Portugal, o encerramento de sectores inteiros da economia nacional, o desemprego crescente, a falta de perspectivas para a juventude, a ausência de política energética, os investimentos ruinosos – como o novo aeroporto – programados pelo governo do sr. Sócrates. Todo esse panorama sombrio foi preparado pelo PS & PPD, quando mancomunados destruíram o Sector Empresarial do Estado. Só com um novo programa de nacionalizações, a principiar pela banca privada, será possível escapar a isso.

-

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_

sinto-me:
publicado por António Vilarigues às 12:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 26 seguidores

.pesquisar

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Islândia julga ex-govern...

. Notícias da Islândia

. O exemplo que vem da Islâ...

. Dados de 2010 da OIT conf...

. O Governo e a «democracia...

. O Governo e a «democracia...

.arquivos

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Julho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. álvaro cunhal

. assembleia da república

. autarquia

. avante!

. bce

. benfica

. blog

. blogs

. câmara municipal

. capitalismo

. caricatura

. cartoon

. castendo

. cds

. cdu

. cgtp

. cgtp-in

. classes

. comunicação social

. comunismo

. comunista

. crise

. crise do sistema capitalista

. cultura

. cultural

. democracia

. desemprego

. desenvolvimento

. desporto

. dialéctica

. economia

. economista

. eleições

. emprego

. empresas

. engels

. eua

. eugénio rosa

. exploração

. fascismo

. fmi

. futebol

. governo

. governo psd/cds

. grupos económicos e financeiros

. guerra

. história

. humor

. imagens

. imperialismo

. impostos

. jerónimo de sousa

. jornal

. josé sócrates

. lénine

. liberdade

. liga

. lucros

. luta

. manifestação

. marx

. marxismo-leninismo

. música

. notícias

. parlamento europeu

. partido comunista português

. paz

. pcp

. penalva do castelo

. pensões

. poema

. poesia

. poeta

. política

. portugal

. precariedade

. ps

. psd

. recessão

. revolução

. revolucionária

. revolucionário

. rir

. salários

. saúde

. segurança social

. sexo

. sistema

. slb

. socialismo

. socialista

. sociedade

. sons

. trabalhadores

. trabalho

. troika

. união europeia

. vídeos

. viseu

. vitória

. todas as tags

.links

.Google Analytics

blogs SAPO

.subscrever feeds