Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

Telma Monteiro: Um texto muito, muito bonito...

Passadas mais de 24h, ainda é difícil pensar em algo para vos escrever…

Quando comecei a fazer judo, não tinha muita noção de nada. Do quanto teria de treinar, do quão longe podia chegar. Depois começou a crescer em mim uma paixão enorme por este desporto, a competitividade, que sempre tive, fazia o meu coração bater cada vez mais forte, fazia a vontade de ganhar ser cada vez maior. Naturalmente começou a fazer parte do meu ADN, o orgulho em representar o meu país, o nosso país, Portugal.

12 anos depois dos meus primeiros Jogos Olímpicos, 11 medalhas em Europeus e 5 em mundiais, depois, o sonho tornou-se realidade.

Eu tive receio, tive dúvidas, não sabia o que ia acontecer. Terminar a carreira sem a “tal” medalha, era uma possibilidade. O que não era uma possibilidade era desistir de trabalhar para que ela fosse uma realidade.

Trabalhei, não desisti, acreditei, tive receio, fui com receio mesmo, fui também com coragem. Consegui. Primeira medalha olímpica do judo feminino português. História pelo meu país. O meu país… isso era o mais importante de tudo. Não era eu, éramos nós, ali, naquele tapete da Arena Carioca 2.

O que é que eu sinto?

Alegria que não cabe.
Se eu consegui, TU também consegues. Não desistam de lutar por aquilo em que acreditam.

Obrigada do fundo do coração a todos os que trabalharam comigo para esta conquista e obrigada pelo carinho de todos. Valeu a pena lutar. Valerá sempre.

Telma Monteiro

 

Telma Monteiro conquista medalha de Bronze

Telma Monteiro Rio 2016_1

Telma Monteiro, judoca do Sport Lisboa e Benfica, conquistou a sua primeira medalha olímpica da carreira e de Portugal nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro ao lograr o Bronze no combate realizado frente à romena, Corina Caprioriu. A portuguesa venceu por Yuko.

Telma Monteiro, no final da conquista da medalha de Bronze, explicou o que sentia ao conseguir este feito inédito.

«Se tinha sido paciente para esperar, hoje tinha de ser o meu dia. Foi um dia de total de superação e não pensei nos outros Jogos Olímpicos anteriores para que não fossem um fantasma», afirmou.

A judoca não escondeu a emoção por ter conseguido a primeira medalha de Portugal no Rio’2016: «Lutei com tudo o que tinha. Os combates foram difíceis, mas estava aqui para fazer história pelo meu País. Dedico a vitória à minha família, ao meu Clube e ao meu treinador».

A judoca defrontou e venceu a neozelandesa Darcina Manuel, 25.ª do ranking mundial, na segunda ronda da categoria -57 kg. Isto porque na primeira ronda, da qual Telma Monteiro ficou isenta, a neozelandesa venceu a russa Irina Zabludina, 23.ª da hierarquia.

Nos quartos de final - no combate com Sumiya Dorjsuren, da Mongólia, líder mundial da categoria - Telma Monteiro foi eliminada por passividade no Golden Score. A atleta do SL Benfica pode agora ainda ser repescada e lutar pela medalha de Bronze.  

No combate de acesso à luta pela medalha de Bronze, Telma Monteiro enfrentou a francesa Automne Pavia. No sétimo encontro entre as duas, a judoca do Sport Lisboa e Benfica venceu por ippon.

 

Parabéns à Telma Monteiro e ao seu clube, o SL Benfica

 

 

Recorde-se que Telma Monteiro, de 30 anos, conquistou ainda, em campeonatos da Europa, cinco medalhas de ouro alcançados em Baku (2015) Chelyabinsk (2012), Tbilissi (2009), Belgrado (2007), Tampere (2006) (estas duas últimas na categoria de -52 kg), uma medalha de prata no currículo (Istambul em 2011) e cinco de bronze (Montpellier - 2014, Budapeste - 2013, Viena-2010, Roterdão-2005 e Bucareste-2004).

No seu palmarés, incluem-se ainda três medalhas de prata (vice-campeã) nos Mundiais de 2007 (Rio de Janeiro) na categoria de -52Kg, 2009 (Roterdão) e 2010 (Tóquio) na categoria de -57Kg, uma de bronze no Mundial de 2005 (Cairo).

 

Benfica Olímpico no Rio 2016

Benfica Olímpico Rio 2016

 

Conheçam um a um os atletas do Projeto Olímpico do Spot Lisboa e Benfica que vão marcar presença nos Jogos Olímpicos de 2016, no Brasil, Rio de Janeiro, sob o lema «Um Mundo Novo».

A cerimónia de abertura será no dia 5 de agosto, no Estádio do Maracanã, com a de encerramento a ter o mesmo palco, no dia 21 do referido mês.

Serão mais de 200 os países membros do Comité Olímpico Internacional (COI) esperados para competir nas Olimpíadas onde estarão em disputa um total de 28 Modalidades.

Portugal apresentará uma das suas maiores delegação de sempre, com mais de 90 atletas.

O Sport Lisboa e Benfica tem vindo a apostar paulatinamente no seu Projeto Olímpico e serão 22 atletas (21 a competirem pelo Comité Olímpico de Portugal e um a competir pelo Comité Olímpico do Brasil) que este ano marcarão presença no Rio 2016 nas modalidades de Atletismo, Canoagem, Judo e Triatlo.

Emblema_SLB.jpg   CONHEÇA TODOS OS ATLETAS DO SLB COM MÍNIMOS PARA O RIO 2016

 

Nelson Évora conquista bronze

Nelson Évora Google

Nelson Évora regressou, esta quinta-feira, ao mesmo palco que em 2008 assistiu ao momento mais alto da sua carreira: o título olímpico. Desta vez, o atleta do SL Benfica garantiu a medalha de bronze, ao saltar 17,52 metros, conseguindo desta forma atingir a sua melhor marca do ano. 

Sinto-me muito bem, não podia estar mais feliz por ter ganho aqui uma medalha de bronze. Tive muitas lesões nestes últimos anos e o meu objetivo era chegar aqui e ganhar uma medalha. Tenho que agradecer a Deus por ter ganho”, disse no final da prova. 

Em Pequim, na China, depois de dois nulos que o atiravam para o quarto lugar e o afastavam do pódio, o português fechou a prova com a impressionante marca de 17,52 metros, regressando às medalhas mundiais.  

O vencedor da prova foi Christian Taylor que saltou 18,21 metros, marca muito próxima do recorde mundial (18,29 metros). Com a medalha de prata e à frente de Nelson Évora ficou o cubano Pedro Pichardo, o principal favorito à conquista do título mundial, com a marca de 17,73 metros.  

Eles colocaram o nível do triplo salto nos 18 metros e acredito que isso será bom para todos os outros atletas e para o ano será um bom ano de Jogos Olímpicos”, disse.  

Esta foi a primeira final em campeonatos do Mundo ao ar livre de Nelson Évora desde Berlim, em 2009, onde alcançou a medalha de prata.   

Não tive uma preparação muito específica mas preparei-me da melhor forma, com muita entrega. É isto que eu gosto de fazer, é esta a minha paixão e foi isso que eu demonstrei ali dentro da pista”, finalizou. 

 

Parabéns ao Nelson Évora e ao seu clube, o SL Benfica

 

Publicado neste blog:

 

Nelson Évora é Campeão Europeu!

Nelson Évora_Praga1

Com 17,21 metros no Triplo Salto, o atleta do SL Benfica sagrou-se Campeão Europeu de Pista Coberta, em Praga.

Nélson Évora conquistou esta tarde de sábado a primeira Medalha de Ouro para Portugal nos Europeus de Pista Coberta em Atletismo, a decorrer em Praga, República Checa.

Em declarações à BTV, ainda em Praga, o Campeão da Europa rejubilou com o momento e não esqueceu todos aqueles que o apoiaram nesta caminhada.

«Estou muito contente, é um espetáculo! A prova foi boa, dentro das condições da própria pista. Comecei a saltar com o coração e depois então saltei com cabeça. As coisas estão a correr bem e agora é continuar. Quero agradecer a todos os Benfiquistas e à Direcção do Clube por acreditarem neste projeto e por nunca terem desistido de mim depois do calvário das lesões que passei e por me terem apoiado sempre», afirmou.

Quanto ao que se segue, o atleta do Benfica ainda não pensa no Rio'2016, e aponta metas para o Mundial.

«Agora terei um período duro de treino para entrar na época de Ar Livre nas melhores condições. Falta muito para os Jogos Olímpicos. Tenho de ir passo a passo, pois aprendi o significado disso. Há que preparar o que está mais perto. O Mundial é o grande objetivo agora. Depois, apontarei todas as minhas atenções para os Jogos Olímpicos», concluiu.

 

Parabéns ao Nelson Évora e ao seu clube, o SL Benfica

 

Telma Monteiro será a porta-estandarte da Missão Olímpica

-

O Comité Olímpico de Portugal (COP) anunciou esta quinta-feira que a judoca do Benfica, Telma Monteiro, será a porta-estandarte da Missão Olímpica.

Em comunicado, o COP explica as razões pelas quais Telma Monteiro foi eleita. «A escolha procurou obedecer ao mesmo critério que tem sido aplicado nas últimas edições dos Jogos Olímpicos, premiando, sobretudo, o currículo desportivo dos atletas. O actual segundo lugar do Ranking Mundial e título de Campeã da Europa que ostenta foram extremamente importantes nesta escolha, bem como o facto de ser uma cidadã exemplar e responsável, vista, muito justamente, como uma referência para milhões de portugueses», refere a fonte.

-

-

Parabéns à Telma Monteiro e ao seu clube, o SL Benfica

-

Arábia Saudita descarta mulheres nos Jogos Olímpicos

-

As mulheres sauditas ainda não podem conduzir e precisam da autorização de um homem da família para trabalhar, viajar ou abrir conta num banco, mas agora as autoridades admitem regularizar a prática desportiva feminina em clubes, apesar da oposição dos conservadores religiosos.

-

Este país é um aliado preferencial dos EUA e da NATO.

Portanto não há «violação dos direitos humanos» e muito menos das mulheres...

-

Nélson Évora e Vanessa Fernandes eleitos desportistas do ano

 

SLB, SLB,SLB, GLORIOSO SLB

 

Os atletas Nélson Évora, campeão olímpico de triplo salto, e Vanessa Fernandes, medalha de prata no triatlo em Pequim2008, foram hoje distinguidos com os prémios de Desportista do Ano, atribuídos pela Confederação do Desporto de Portugal (CDP).

 

Parabéns à Vanessa Fernandes, ao Nelson Évora e ao seu clube, o SL Benfica

                     

Portugal 2-3 Benfica

                                                                                                                                   

SLB, SLB,SLB, GLORIOSO SLB

                                             

Uma brincadeira ninguém leva a mal...

                                                  

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    K

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    W

    X

    Y

    Z

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D