Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

A Irlanda e as fatais necessidades de um grande império, versão 2011

Josetxo Ezcurra, Rebelión de 4 de Janeiro

-

- Batata, minha velha amiga! Quem diria que nos voltaríamos a encontrar graças aos mercados?

-

Publicado neste blog:

«Outra história melancólica é a da Irlanda. Quem não conhece as queixas seculares da Irlanda, da Verde Erin, terra de bardos e terra de santos, onde uma plebe conquistada, resto nobre de raça céltica, esmagada por um feudalismo agrário, vivendo em buracos como os servos góticos, vai desesperadamente disputando à urze, à rocha, ao pântano, magras tiras de terra, onde cultiva em lágrimas a batata?»

Para Ler:

O desenho baseia-se no quadro de Vincent Van Gogh, pintado em Abril 1885 em Nuenen, na Holanda, «Os comedores de batata»:

Publicado neste blog:
adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge
-

Os controladores aéreos militarizados e os mercados financeiros acariciados

Josetxo Ezcurra, Rebelión de 19 de Dezembro

-

- Quem mede forças com o Estado, perde!

- E, sendo assim, o Estado também vai militarizar os mercados financeiros?

- Não há mais perguntas!

Inauguración, J. R. Mora

  • Alfredo Pérez Rubalcaba es un político español perteneciente al Partido Socialista Obrero Español. (...) Desde abril de 2006 es ministro del Interior. El 21 de octubre de 2010 tomó posesión como vicepresidente primero y portavoz del Gobierno, conservando además sus responsabilidades en el Ministerio del Interior.

  • Generalísimo es el término que denota a un rango militar superior al Mariscal de Campo y al Gran Almirante. (...) En su uso presente, el término Generalísimo se aplica habitualmente a un oficial militar que toma el poder a través de un golpe de Estado, o que ha suspendido los mecanismos constitucionales previamente instituidos, convirtiéndose en jefe de la rama ejecutiva del Estado, y que se basa en su cargo como jefe supremo de las fuerzas armadas para obtener legitimidad política.

Publicado neste blog:
adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge
-

FMI / BM / OMC: Caça grossa

Josetxo Ezcurra, Rebelión de 10 de Novembro

-

Glossário:

FMI: Fundo Monetário Internacional

BM: Banco Mundial

OMC: Organização Mundial do Comércio

-

«A revista política bimestral do PCP já se encontra disponível nos Centros de Trabalho e organizações do Partido. No número de Novembro/Dezembro de O Militante, o destaque vai para a greve geral convocada pelo movimento sindical unitário para o próximo dia 24. (...) O reforço da organização do PCP - tarefa central para agir, resistir e vencer; a política de unidade do Partido e o trabalho político unitário; a 12.ª Conferência da Reforma Agrária, suas realizações e ensinamentos; a luta contra NATO e pela paz; a revolução de Abril e os direitos da juventude e o papel do FMI na política de austeridade e exploração imposta em Portugal, são igualmente temas tratados.»

Publicado neste blog:
adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_

O que os documentos da Wikileaks mostram

Josetxo Ezcurra, Rebelión de 27 de Outubro

E, o «recente» candidato presidencial disse em 2009...

«"Se há um falhanço da NATO no Afeganistão, isso não pode deixar de ter efeitos com alguma gravidade na nova administração norte-americana e também na União Europeia", afirmou

É verdade, senhor candidato... já que para o Afeganistão, a intervenção da NATO, já teve efeitos com alguma gravidade...
-

Publicado neste blog:
adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_

BP: Do Irão (1953) ao Golfo do México (2010)

Josetxo Ezcurra, Rebelión de 5 de Agosto

-

«Desde que em 20 de Abril uma das suas plataforma de exploração petrolífera explodiu no Golfo do México que a BP tem vindo a ocultar a real dimensão e os contornos do sucedido.

Esta semana, um funcionário da companhia veio confirmar que a empresa foi alertada atempadamente para a existência de falhas no equipamento mas ignorou o aviso. Simultaneamente, um documento interno da British Petroleum, divulgado por um eleito democrata na Câmara de Representantes dos EUA, calcula em quase 100 mil o total de barris de petróleo que diariamente contaminam as águas e a costa norte-americana.

Inicialmente, a BP falou em mil barris. Depois aumentou para 5 mil. Mas as estimativas da multinacional pecam sempre por defeito, referiu Ed Markey, presidente da subcomissão de energia e meio ambiente.

Entretanto, e em face da catástrofe que ameaça todos os estados norte-americanos do Golfo do México e parece, não se deter, o governo de Cuba decidiu antecipar a chegada da maré negra às costas da ilha tomando as medidas possíveis de contenção da mancha negra

Para Ler, Ver e Ouvir:

«Hace sesenta años, BP se llamaba Anglo-Iranian Oil Co. (AIOC, por sus siglas en inglés). Un gobierno iraní popular y progresista había pedido a la AIOC, un monopolio en su mayor parte de propiedad británica, que compartiera más de sus ganancias del petróleo iraní con el pueblo de Irán. La AIOC se negó, lo que provocó que Irán nacionalizara su industria petrolera. Esto no le cayó bien a Estados Unidos, por lo que la CIA organizó un golpe de Estado contra el Primer Ministro Mohammed Mossadegh. Luego de que fuera derrocado, la AIOC cambió su nombre a British Petroleum, recuperó gran parte de su monopolio y a los iraníes se les impuso la cruel dictadura del Shah de Irán, sembrando la semilla de la revolución iraní de 1979, la subsiguiente “crisis de los rehenes” y el conflicto político que atormenta a Irán hasta nuestros días

Este é o já conhecido vídeo em que se vê Frank Carlucci falar de pasta dentífrica envenenada e do assassinato de Lumumba (a partir dos 6m 18s).

-

adaptado de um e-mail enviado pelo Jorge

_

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    K

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    W

    X

    Y

    Z

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D