Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

Autarca do Sátão nega que ETAR esteja abandonada...

ETAR_Satao_Riodemoinhos2

Clicar nas imagens para ampliar

 

Face a esta tomada de posição do Partido Ecologista «Os Verdes», a resposta na comunicação social por parte da autarquia foi:

«O presidente da Câmara de Sátão está surpreendido com o pedido de esclarecimento do Partido Ecologista 'Os Verdes' ao Ministério do Ambiente, a propósito do suposto estado de degradação da ETAR de Rio de Moinhos. Alexandre Vaz diz que, desde Setembro, altura em que uma delegação do Partido Ecologista terá estado no local, não foi questionado por ninguém sobre o estado do equipamento e nega que este se encontre ao abandono, como constataram os responsáveis daquele partidoAQUI.

As imagens que se seguem são esclarecedoras...

ETAR_Satao_Riodemoinhos4

Estes tanques deviam servir para depositar as lamas filtradas na ETAR, posteriormente retiradas em viatura própria. Como se pode visualizar há meses e meses que não são utilizados. Acresce que o caminho de acesso está ocupado lateralmente por vegetação e mal dá para passar um automóvel.

ETAR_Satao_Riodemoinhos3

ETAR_Satao_Riodemoinhos5

ETAR_Satao_Riodemoinhos1

Três imagens que demonstram, sem margem para dúvidas, a qualidade do funcionamento e da manutenção da ETAR, mais conhecida pelos habitantes da freguesia como «fábrica da bolacha» (vá-se lá saber porquê...).

Lixo_ETAR_Satao_Riodemoinhos1

Depósito de lixo logo à entrada da ETAR. Há de tudo como na boutique: desde pensos higiénicos a preservativos...

 

O presidente da Câmara Municipal tem razão: a ETAR de Rio de Moinhos está a funcionar!!!

Entra merda e sai merda (para o rio Coja)...

NOTA: se for necessário há mais 50 fotografias a provar o que afirmamos.

 

Penalva do Castelo: Acção CDU

    Ao longo destes quase quatro anos a CDU, apesar de não ter eleitos, interveio publicamente em quase todas as reuniões públicas do de Câmara, levantando múltiplas questões do interesse dos munícipes do concelho.

Também na Assembleia Municipal, apesar de não ter eleitos, a CDU pronunciou-se publicamente no período reservado ao público.

Fê-lo quer em relação aos sucessivos Orçamentos (e as Grandes Opções do Plano), quer no que respeita às Contas e Relatório de Gestão dos Exercícios de 2006, 2007 e 2008.

Mas também sobre o horário das reuniões da Assembleia Municipal incompatível com a presença dos eleitores, já que às 14h30m estão quase todos a trabalhar. Ou sobre o PDM, as zonas industriais, as obras no centro da vila, os subsídios, o abastecimento de água, o saneamento básico, a recolha do lixo e as ETAR.

Ou, ainda, sobre os transportes escolares a serem efectuados totalmente à margem da lei, as construções que avançam ainda antes dos loteamentos estarem aprovados, o loteamento industrial adquirido a preços acima dos de mercado, os lotes camarários vendidos a preços exorbitantes. Mas também sobre as embrulhadas com o património, a protecção civil, a segurança rodoviária, o regulamento das piscinas, o livro de reclamações, as comissões de inquérito «fantasmas», as confusões, com laivos de ilegalidades, relativas às taxas de publicidade, etc., etc., etc.

Tudo isto sem eleitos da CDU na Câmara e na Assembleia Municipal. O que seria com eleitos?

In «Boletim CDU - nº 8» Julho 2009

                                                            

Penalva do Castelo: Ainda os Ecopontos

    Ainda a propósito dos Ecopontos em Penalva convém ler esta notícia do "Jornal do Centro", edição de 18 de Julho:

Os municípios do Planalto Beirão têm os ecopontos a transbordar de lixo. O problema está a "afectar a imagem e a credibilidade na defesa do meio ambiente", dizem os autarcas contactados pelo Jornal do Centro. O lixo amontoa-se nos ecopontos, que "estão quase sempre cheios" e com "lixo em redor".

O problema arrasta-se há alguns anos, acusam os autarcas que integram a Associação de Municípios do Planalto Beirão (AMPB). A associação reúne dezanove concelhos do distrito de Viseu e é responsável pela recolha dos resíduos sólidos urbanos, dos 1400 ecopontos, Papelão, vidrão e embalagens, distribuídos pela região.

(...) 

Em Penalva do Castelo, o vereador do ambiente, António Baptista, refere a falta de sensibilidade de algumas pessoas para colocarem "roupa velha, monos, árvores e outros objectos" nos ecopontos "indevidamente". O autarca confirma "a necessidade de redimensionar a capacidade dos contentores dos ecopontos a transbordar".

                                                                                             

Ler Texto Integral

                                 

Afinal sempre há responsáveis...

                                

Penalva do Castelo: Ecopontos - de quem é a responsabilidade?

A foto, embora pareça, não é de Penalva...

    Respondendo a solicitações várias inseridas no blog Penalva Sempre a propósito da situação calamitosa dos Ecopontos no concelho - em particular em frente às instalações da Misericórdia - aqui se presta contas aos munícipes:

  • Na Câmara Municipal informaram-me que já há mais de um ano que tinham solicitado à Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão, o reforço em quantidade e qualidade dos ecopontos, bem como da respectiva recolha, sem terem obtido resultados atá agora (fica por esclarecer a passividade da Câmara durante 1 ano...); informaram-me igualmente que a Câmara ontem (15/07) já teve que responder à comunicação social da região sobre o assunto;
  • A empresa responsável pela recolha é a CESPA (fico sem perceber como e porquê falha uma multinacional com estes pergaminhos todos...).                                                                                        

Uma pergunta se impõe: de quem é a responsabilidade?

                                                       

Editorial

Comemoraram-se neste mês de Março os dias mundiais da Água e da Floresta. Os contributos da nossa Câmara foram exemplares…

dezoito meses (!!!) que os caixotes do lixo do nosso concelho não são limpos. É obra! Dizem-nos que estão à espera de adquirir uma viatura própria a meias com outros concelhos. E até lá? Nada se faz?

Um temporal provocou danos graves na bomba de extracção de água na freguesia de Germil. Vai daí a Câmara, sem informar ninguém, opta por retirar água (?) da fossa próxima e introduzi-la na rede de abastecimento. E isto durante os 5 dias que durou a reparação da avaria. A população nem sequer foi avisada que deveria ferver a água. Como exemplo de irresponsabilidade é difícil de encontrar pior.

Para cúmulo a maioria das análises da rede pública de abastecimento de água do concelho indicam que esta está imprópria. Em alguns locais esta situação arrasta-se há semanas. A Câmara não só não informa (por lei os resultados das análises devem ser afixados em locais públicos), como nada faz para corrigir esta situação. E ainda nos quer convencer, em pleno século XXI, que sempre que chove muito esta situação é inevitável!

 

In Boletim CDU de Penalva do Castelo nº 3 - Março 2007

Isto dizia a CDU em Março...


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    K

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    W

    X

    Y

    Z

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D