TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

Segunda-feira, 18 de Julho de 2016
É um partido comunista, que tem uma ideologia e um projeto transformador

Jeronimo de Sousa-2016

O PCP hoje é um um partido moderado, gradualista e social-democrata, ou ainda é revolucionário?

É um partido comunista, que tem uma ideologia e um projeto transformador e age na realidade em que vivemos, neste país concreto, com este povo concreto. Procuramos agir, trabalhar e lutar tendo em conta um objetivo supremo da construção de uma sociedade nova, mas não lhe chamaria gradualismo. Entendo isto como um processo, sem atos súbitos, por etapas.

Ler, Ouvir e Ver a entrevista na íntegra

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 07:12
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 27 de Abril de 2016
Freguesia de Real: O Futuro da nossa Memória

«Na tarde soalheira do passado Domingo, dia 24, ocorreu o lançamento do novo livro editado pela Junta de Freguesia de Real: O Futuro da nossa memória I".

Inserida nas comemorações dos 42 anos da Revolução de 25 de Abril de 1974, a sessão decorreu com uma sala cheia com mais de meia centena de pessoas, quer da freguesia como de fora da freguesia.»

Ler texto integral

 

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 12:21
link do post | comentar | favorito

Domingo, 13 de Março de 2016
Administração pública, das palavras à realidade

 

SUMÁRIO

  •  «Há salários baixos na Função Pública: no 4º Trim.2015, a remuneração base média mensal ilíquida de 152.561 trabalhadores era de 607€, e de 85.012 era 908€/mês.
  • 48,8% dos trabalhadores (320.428) da Função da Função com salários mais baixos, cujas remunerações estão congeladas desde 2010, não são beneficiados com a reposição dos cortes salariais; apenas 51,2% (335.906) com ganhos médios superiores a 1500€, é que serão beneficiados com a reposição de 447 milhões € de remunerações ilíquidas (sujeitas a IRS, CGA, ADSE), pois foram estes que tiveram cortes nas remunerações.
  • Não há dinheiro para atualizar nem pensões nem as remunerações mais baixas da Função Pública mas, em 2016, o Estado vai gastar 1449 milhões € (-19 milhões € do que em 2015) com aquisições de serviços a privados (estudos, consultoria, publicidade, vigilância e segurança, assistência técnica, trabalhos especializados, etc.), e a despesa com "Estudos, pareceres, projetos e consultoria" da Administração direta do Estado aumenta 81%.»

 

Salários FP 2015

 

aquisição serviços privados_2015-16

Clicar nas imagens para ampliar

 


sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 06:14
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2007
É preciso não ter vergonha na cara!

    Em 2006 os adversários políticos do PCP no distrito falaram em “políticas para nichos de mercado”. Em propostas, cito, “irrealistas”, do “domínio do imaginário”, do “quanto pior melhor”. Em, disseram eles, “projectos que não se podem realizar”, “que não visam resolver os problemas da população”. Proclamaram que “o PCP está a enganar as populações” e a “brincar à política”.

Tudo isto a propósito das quarenta e duas propostas do PCP relativamente ao Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC) de 2007 para o distrito de Viseu. Propostas que representavam um investimento de 9,2 milhões de euros, recusadas em bloco pelos deputados do PS, PSD, CDS/PP. Como então aqui nesta mesma coluna (“Política Realista”) denunciámos, obras de relevante importância para o desenvolvimento regional ficaram mais uma vez adiadas.

E este ano como foi?

Constata-se que em três anos o Distrito perdeu de dotações directas no PIDDAC, 71 milhões de euros (56,5%). Passou de 125 milhões em 2005, para 54 milhões de euros em 2008 (!!!).

Estes números confirmam que o Governo PS não tem uma estratégia para desenvolver o Distrito (como a não tem para o País). Com o investimento previsto no PIDDAC para 2008, Viseu não só vê alargar-se o fosso em relação aos distritos do litoral, como diverge, pela negativa, de distritos do interior, nomeadamente da Guarda e de Castelo Branco.

É escandaloso e imoral que no seio do próprio distrito haja concelhos sem qualquer dotação em PIDDAC em anos consecutivos. O que acontece com Penedono pelo terceiro ano e Moimenta da Beira e Tarouca pelo segundo ano. Bem como outros cujas verbas, de tão ínfimas, prefiguraram um situação de intolerável discriminação negativa.

A Direcção da Organização Regional de Viseu apresentou um conjunto de 40 propostas de obras com cabimento orçamental ao Grupo Parlamentar do PCP.
Propostas abrangendo todos os concelhos e/ou que, situando-se embora num ou noutro concelho, são manifestamente de interesse distrital ou pluriconcelhio. Propostas que o Grupo Parlamentar levou à discussão na especialidade do Orçamento de Estado para serem incluídas em PIDDAC.

Projectos e obras como a instalação da Universidade Pública de Viseu; as ligações rodoviárias condignas de Resende e Cinfães à A24; o Matadouro Público de Viseu; a ligação rodoviária Sátão/Viseu; o Interface Rodo/Ferroviário de Mangualde; as novas Escolas do 2º e 3º Ciclos e os Jardins-de-infância, na cidade e periferia do Concelho de Viseu; as ligações Ferroviárias à linha da Beira Alta e a Aveiro (linha do Vouga); a adaptação do ex-Sanatório Bela Vista, no Caramulo, a Pousada da Juventude, para só citar algumas.

Dando mostras dos tiques de arrogância característicos do Governo de José Sócrates, o Grupo Parlamentar do PS votou contra todas as propostas do PCP para o distrito. Fê-lo sem que tivesse apresentado qualquer alternativa. A direita dos interesses, apesar de todas as violentas “críticas”, quando chegou a hora da votação afinou, mais uma vez, pelo mesmo diapasão. Provando assim que no essencial da orientação politica do Governo PS, PSD e CDS/PP estão de acordo.

    

In "Jornal do Centro" - Edição de 14 de Dezembro de 2007

     



sinto-me:

publicado por António Vilarigues às 08:06
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

É um partido comunista, q...

Freguesia de Real: O Futu...

Administração pública, da...

É preciso não ter vergonh...

arquivos
tags

álvaro cunhal

assembleia da república

autarquia

avante!

bce

benfica

blog

blogs

câmara municipal

capitalismo

caricatura

cartoon

castendo

cds

cdu

cgtp

cgtp-in

classes

comunicação social

comunismo

comunista

crise

crise do sistema capitalista

cultura

cultural

democracia

desemprego

desenvolvimento

desporto

dialéctica

economia

economista

eleições

emprego

empresas

engels

eua

eugénio rosa

exploração

fascismo

fmi

futebol

governo

governo psd/cds

grupos económicos e financeiros

guerra

história

humor

imagens

imperialismo

impostos

jerónimo de sousa

jornal

josé sócrates

lénine

liberdade

liga

lucros

luta

manifestação

marx

marxismo-leninismo

música

notícias

parlamento europeu

partido comunista português

paz

pcp

penalva do castelo

pensões

poema

poesia

poeta

política

portugal

precariedade

ps

psd

recessão

revolução

revolucionária

revolucionário

rir

salários

saúde

segurança social

sexo

sistema

slb

socialismo

socialista

sociedade

sons

trabalhadores

trabalho

troika

união europeia

vídeos

viseu

vitória

todas as tags

LIGAÇÕES A CASTENDO
Visitantes
eXTReMe Tracker
Google Analytics
blogs SAPO
subscrever feeds