Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

O CASTENDO

TERRAS DE PENALVA ONDE «A LIBERDADE É A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE»

Vítor Manuel Aguiar e Silva recebeu o prémio "Vida Literária"

     O professor Vítor Manuel Aguiar e Silva recebeu ontem o prémio "Vida Literária" atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores e patrocinado pela Caixa Geral de Depósitos. O homenageado é natural de Real, Penalva do Castelo, e recebeu o galardão numa cerimónia que decorreu na Culturgest e que foi presidida por Cavaco Silva.
O prémio, no valor de 25.000 euros, é considerado um dos mais importantes galardões literários portugueses, destina-se a distinguir a carreira e o conjunto da obra de um escritor (autor) português, pretendo-se com esta distinção contribuir para o reconhecimento público de uma obra de mérito e para a progressiva afirmação da literatura portuguesa além-fronteiras.
Nas edições anteriores, este galardão foi atribuído a Miguel Torga (1992), José Saramago (1993), Sophia de Mello Breyner Andressen (1994), Óscar Lopes (1996), José Cardoso Pires (1998), Eugénio de Andrade (2000), Urbano Tavares Rodrigues (2003) e Mário Cesariny (2006).
   

Cavaco elogia Vítor Aguiar e Silva

  

O Presidente da República elogiou o professor universitário e investigador Vítor Aguiar e Silva pelo seu trabalho de “lavrador universitário” para prestigiar o ensino e a escola. Num tempo em que “tantas dúvidas e apreensões se levantam em torno dos problemas da educação”, Cavaco Silva afirmou ser “extremamente gratificante” entregar o prémio a “alguém que ainda há bem pouco tempo falava de si próprio como sendo um ‘lavrador universitário’, orgulhoso das suas ‘colheitas’”. “Temos de estar reconhecidos a estes “lavradores”, a todos aqueles que dão o seu melhor para prestigiar as nossas escolas, para formar os nossos filhos e preparar as futuras elites”, afirmou o Presidente.

A APE distinguiu o professor universitário Aguiar e Silva, 68 anos, “pelo seu percurso raro e invulgar tanto como docente em Braga e Coimbra”, como pela sua obra editada, de que destaca “Teoria da literatura” e “Camões: Labirintos e fascínios”.

No seu discurso, Cavaco Silva destacou que Aguiar e Silva “não é apenas o investigador erudito e culto, que publicou, um ‘Teoria da Literatura’ internacionalmente conhecida”, mas também um professor “em que se revêem sucessivas gerações de estudantes”, seja por assistirem às suas seja por lerem os seus livros.

Doutorado em literatura portuguesa, em 1979 Vítor Aguiar e Silva foi nomeado professor catedrático da Universidade de Coimbra, transferindo-se dez anos depois para a Universidade do Minho, onde foi vice-reitor durante 12 anos.

  

O premiado, Portugal, Penalva do Castelo e Real estão de parabéns!

    

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    K

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    W

    X

    Y

    Z

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D